Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O irmão da ex-primeira dama de Miracema do Tocantins, Wagner Fernandes de Araújo, faleceu na noite desta segunda-feira (2), no Hospital Geral de Palmas, após ter sido encontrado na manhã de domingo (1º) com sinais de espancamento dentro de sua própria residência, no município de Dois Irmãos, na região oeste do estado.

Wagner é irmão da candidata a prefeita Camila Fernandes (MDB), viúva do prefeito assassinado Moisés da Sercon. Em agosto, a morte do prefeito completou dois anos sem solução.

Wagner foi encontrado por familiares desacordado e bastante machucado em um dos cômodos da casa e socorrido até o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins e transferido logo em seguida para uma UTI do Hospital Geral de Palmas (HGP), mas não resistiu.

Irmã de Wagner, Salésia Maria Fernandes de Araújo Carvalho registrou um Boletim de Ocorrência informando que um vizinho ouviu “barulhos estranhos na madrugada” e que foi à casa de outra irmã da vítima, Flávia Fernandes, pedir para ela verificar se estava tudo bem com Wagner. A vítima tinha “vários hematomas, uma orelha cortada, corte na face, olhos inchados e suposta fratura no crânio”.

Ainda segundo o BO, um dentista viu Wagner num bar na madrugada de domingo “muito embriagado”. Como o estabelecimento estava fechando, esse homem o levou para a casa. O dentista contou, segundo a irmã de Wagner, que o deixou “em casa, sentado numa cadeira e com porta da frente só encostada”.

O vizinho que procurou Flávia Fernandes confirmou ter ouvido “quando alguém deixou Wagner em casa, de carro, e depois disso ouviu os barulhos estranhos (barulhos de batidas e xingamentos), vindos da casa de Wagner”.

Tentativa de invasão

Conforme Salésia, na madrugada de sexta-feira (30), houve uma tentativa de invasão na casa do pai dela, que fica nos fundos da casa de Wagner. “As fechaduras das duas portas foram arrombadas e só não entraram devido existir ferrolhos nas portas; que sua irmã Flávia estava na casa e começou a gritar, mesmo assim os autores só foram embora depois de não conseguir invadir a casa”, afirma o BO.

Durante uma reunião realizada neste domingo (1º), antes da confirmação da morte, um dos irmãos da vítima falou sobre o caso. (veja o Vídeo).

Vídeo

 

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: A viúva do prefeito assassinado é irmã da vítima / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido