Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



O governador Mauro Carlesse (DEM) enalteceu a ação rápida e decisiva das polícias Civil e Militar do Tocantins que resultou na prisão e morte dos criminosos que executaram a tiros dois advogados em Goiânia (GO).

Carlesse classificou como “brilhante” a atuação dos agentes no combate à criminalidade. “As forças de segurança do Tocantins não medem esforços para manter a ordem e a segurança em nosso Estado”, disse o governador.

Os advogados foram mortos com tiros na cabeça dentro do próprio escritório onde trabalhavam no Setor Aeroporto, na tarde da última quarta-feira (28 de outubro). Marcus Aprígio Chaves tinha 41 anos e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, 47. Ambos atuavam na área cível.

Os dois criminosos se passaram por clientes para cometer o duplo homicídio e, em seguida, fugiram para o Estado do Tocantins.

PRISÃO E MORTE

O primeiro suspeito, Pedro Henrique Martins Soares, tem 25 anos e foi preso na região metropolitana de Palmas nesta sexta-feira (30). Ele atua como pistoleiro e já tem passagens por associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo e homicídio. Segundo a polícia goiana, o suspeito havia sido contratado para matar outra pessoa.

Pedro Henrique foi recambiado para Goiânia na manhã deste sábado (31) em uma aeronave fretada. A OAB Tocantins acompanhou a operação e pediu punição rigorosa.

Segundo o delegado Rhaniel Almeida, da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH), Pedro Henrique foi quem atirou nos dois advogados, tendo atingido um deles com três disparos e o outro com um. Ele levou R$ 2 mil de um dos advogados assassinados.

O outro suspeito, Jaberson Gomes Lopes, de 24 anos, foi localizado em Porto Nacional e morreu durante uma troca de tiros com militares da ROTAM enquanto tentava fugir na garupa de uma motocicleta. Ele também possuía uma extensa ficha criminal, entre crimes de furto, roubo e homicídio.

A Polícia Civil de Goiás afirmou que a dupla era de extrema periculosidade.

NOTA DO GOVERNADOR

“Com alegria e reconhecimento enalteço a brilhante atuação das nossas polícias Militar e Civil do Tocantins no combate à criminalidade no Estado. Em especial a enérgica ação da equipe de policiais militares da Companhia de Rondas Ostensivas Metropolitana (Rotam) e da Agência Local de Inteligência, vinculados ao Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE) da Polícia Militar do Tocantins (PMTO) pela atuação decisiva na noite desta sexta-feira, 30, quando em cerco a um dos autores do duplo homicídio dos advogados Marcus Aprígio Chaves e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, ocorridos na cidade de Goiânia, nescessitaram entrar em confronto e fazer cessar a ameaça contra a integridade dos Policiais Militares envolvidos. O criminoso, que possuí uma extensa ficha criminal, foi a óbito na ação.

Parabenizo também aos nossos policiais civis que realizaram a prisão do outro criminoso apontado também como um dos executores dos advogados. As forças de segurança do Tocantins não medem esforços para manter a ordem e a segurança em nosso Estado.

Mauro Carlesse | Governador do Estado do Tocantins

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Governador Carlesse parabenizou as Polícias Civil e Militar do Tocantins / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido