Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Muitas mães não estão conseguindo vacinar os filhos na Unidade Básica de Saúde Manuel dos Reis Lima, localizada no Jardim das Flores, em Araguaína. Segundo a reclamação, as senhas entregues durante o dia não seriam suficientes para atender a demanda.

A cabeleireira Valdete Lopes levou o filho para a campanha de vacinação contra a poliomielite, mas todas as 20 senhas disponíveis já tinham sido entregues.

“A gente não tem tempo de ir no posto de saúde todos os dias saber se tem senha ou não. Eu trabalho! É a segunda vez que venho aqui e volto com meu filho de 2 anos. Eu e muitas outras mães estão indo embora sem a vacinação. A prefeitura disse que Araguaína não alcançou a meta de vacinação contra a pólio, mas como vai alcançar desse jeito? Não tem sequer senha para atender todo mundo”, lamentou.

A UBS do Jardim das Flores atende também os moradores dos setores Tocantins, Vila Ribeiro e Patrocínio.

“A unidade atende vários bairros, mas a quantidade de senhas é limitada. Eles deveriam ter mais organização. Se é uma campanha de vacinação, então é preciso ter mais mobilização da Secretaria de Saúde, aumentando tanto as senhas como os profissionais para atender todo mundo”, disse a cabeleireira.

Resposta da Prefeitura

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Araguaína informou que por conta da pandemia de covid-19 a entrada de pacientes para vacinação na referida UBS está sendo limitada com a distribuição de senhas para organizar o fluxo de pessoas dentro do local e evitar aglomerações.

Segundo a prefeitura, assim que os atendimentos são realizados, mais senhas são distribuídas.

“A Prefeitura reforça que está organizando o serviço de vacinação da melhor forma possível para atender a população durante este período de pandemia sem que haja prejuízos à comunidade. Todas as Unidades Básicas de Saúde de Araguaína estão abastecidas com as doses do calendário vacinal, atendendo de segunda a sexta, das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30”, finaliza a nota.

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Mãe não conseguiu vacinar o filho contra a pólio / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido