Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora


Foto: da web

Ascom/ Campanha Eleitoral

“Nesses três anos e nove meses, trabalhamos muito pelo esporte, reconstruímos o Centro Olímpico; construímos praças esportivas nos setores Alto da Colina e Vila Operária; realizamos mais de 130 eventos esportivos em todo o município; recuperamos a Praça da Juventude; criamos a Jornada Esportiva de Porto Nacional (Jepon), o maior evento esportivo da história da cidade, com a participação de mais de 4.200 atletas; apoiamos o esporte profissional, estudantil e universitário; alavancamos a canoagem, trazendo um técnico de nível olímpico para nossa cidade; enviamos atletas de badminton para o Campeonato Internacional na Índia; criamos e realizamos o Esporte na Roça; apoiamos cinco eventos de Corrida de Rua e também de ciclismo, pois acreditamos que o esporte contribui para a boa saúde física e mental, desenvolve habilidades sociais e motoras, além do lazer”, exemplifica Joaquim Maia, candidato à reeleição a prefeito de Porto Nacional, contando sobre suas realizações na área do esporte.

Joaquim construiu a quadra esportiva no setor Alto da Colina.

O ativista social Wellington Aires atua há 10 anos na área da canoagem, através do projeto Remando para a Cidadania e afirma que o candidato à reeleição, Joaquim Maia, cumpriu com tudo o que assumiu para o esporte de Porto Nacional. “O apoio do Joaquim Maia foi fundamental para que nós realmente sedimentássemos o nosso trabalho e para que pudéssemos dar mais qualidade ao atendimento do nosso público. A cada gestão, cada um foi dando sua contribuição ao seu modo, mas a gestão do Joaquim Maia foi a que deu mais peso e se envolveu em todas as questões que trabalhamos dentro do contexto do Projeto Remando para a Cidadania. Quero destacar que Joaquim Maia cumpriu com tudo aquilo que assumiu fazer para o esporte, em especial para a canoagem, e posso afirmar com toda certeza que a gestão de Joaquim foi o melhor momento do nosso trabalho”, ressalta.

Piscina do Centro Olímpico reconstruída por Joaquim Maia.

A estudante universitária, Renata Kelle, 25 anos, pratica esportes desde criança, sendo uma jovem atleta portuense e mesmo morando em outro estado para estudar é testemunha que o esporte de Porto Nacional se desenvolveu na gestão de Joaquim. “Eu sempre venho passar férias com minha família e vi a grande diferença na área do esporte, antes eu não ouvia falar de projetos esportivos ou campeonatos grandes, agora eles estão acontecendo. Um projeto muito interessante é o fechamento da avenida da Orla para atividade física e diante disso tudo e ainda por eu ser jovem, mulher e atleta, eu voto no Joaquim”, exclama a estudante universitária.

Ginásio Poliesportivo reconstruído pela gestão de Joaquim.

Futuras propostas

Para o próximo mandato, Joaquim Maia criará bolsas para jovens atletas de baixa renda; construirá espaços públicos de prática de esporte nas periferias e reformará as já existentes na cidade; instituirá o Programa de Eventos Esportivos a Jovens com Deficiência (PCD); promoverá torneios esportivos municipais entre os bairros, incentivando a organização comunitária da população; atrairá mais eventos esportivos estaduais e nacionais para serem realizados no município. Para Luzimangues, Joaquim vai construir um estádio de futebol gramado, com alambrados e vestiários; mais duas praças com quadras de esportes e organizará campeonatos esportivos, masculino e feminino, no distrito.

Foto: Ascom/ Campanha Eleitoral

 

 

***


error: Conteúdo Protegido