Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Populares encontraram a idosa Eva Corsino da Cunha, de 69 anos, morta próximo ao ponto de ônibus localizado logo após a ponte que liga Lajeado a Miracema, neste domingo (18), segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP).

Eva Corsino era moradora de Lajeado e estava desaparecida desde o dia 29 de setembro e teria sido vista pela última vez na TO-010.

Após o desaparecimento, testemunhas avistaram a idosa conversando com duas mulheres ocupantes de um veículo – que possivelmente seguiam no sentido de Miracema do Tocantins.

Vizinhas também disseram que a idosa saiu de casa por volta do meio dia, apenas com uma toalha e usando um vestido vermelho. Ao se despedir das vizinhas, ela teria dito que aquela seria a última vez em que a veriam.

Conforme a SSP, a Polícia Civil instaurou inquérito para apurar as causas da morte da idosa. O procedimento será conduzido pelo delegado-chefe da 69ª Delegacia de Polícia de Tocantínia, Hismael Athos.

O delegado vai ouvir os familiares, amigos e conhecidos da idosa e aguardar o resultado do laudo que indicará as causas da morte de Eva Corsino.

Ainda de acordo com a SSP, informações preliminares indicam que a idosa estava deprimida. Familiares também contaram na época do desaparecimento que ela não apresenta um bom estado emocional.

Veja mais

+ Idosa com problemas emocionais foge de casa no Tocantins e deixa familiares aflitos

Fonte: AFNoticias
Crédito de imagem: Eva Corsino da Cunha / Foto: Divulgação


error: Conteúdo Protegido