Escute a rádio online agora:

O Presidente da Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agropastoril de Porto Nacional (ACISA-PN), Wilson Neves, que também é presidente da Comissão Provisória Municipal do PODEMOS, usou as palavras do empresário Agamenon do Mega para justificar seu apoio incondicional à pré-candidatura de Joaquim Maia para Prefeito.

“Quando vejo tudo claro; saúde premiada a nível nacional; educação em alta com mais de 7 mil alunos matriculados; assistência social com tudo funcionando e dois conselhos tutelares atuando dignamente; homem do campo assistido; feiras e mercados com nova cara; dezenas de obras abandonadas que foram concluídas e entregues à população; pagamentos em dia com todas as progressões e gratificações dos servidores; município com milhões garantidos para obras de infraestrutura; e crédito na praça; só posso dizer que é melhor dar continuidade ao trabalho atual”, concluiu Wilson Neves.

Reflexão

Para o dirigente classista e partidário, é preciso fazer uma reflexão sobre o que a gestão Joaquim Maia encontrou e o quanto batalhou e sofreu para deixar máquina pública como está agora. Aproximadamente um ano e meio, de 2017 até meados de 2018, a equipe gestora atual trabalhou arduamente e aguentou pesadas críticas para colocar o trem nos trilhos.

“Com tudo encaminhado é mais fácil avançar com as mudanças que já são vistas em todos os setores” pontuou Wilson Neves justificando a retirada da pré-candidatura de seu partido em defesa da continuidade do que está dando certo.

Da esquerda para direita: Agamenon, Joaquim Maia, Ronaldo Dimas e Wilson Neves

Além do PODEMOS, também fazem parte do grupão de apoio à pré-candidatura do Prefeito Joaquim Maia o MDB, PROS, DEM, PT e PATRIOTA.

Da Ascom/Podemos