Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Na manhã desta quarta-feira (19), o preso do regime semiaberto John Lennon Pereira de Brito, 36 anos, acordou com uma chuva de balas nas janelas, portas e paredes da casa onde mora com a companheira, na Rua Umbelino Césio Nogueira, Bairro Bela Vista, em Brejinho de Nazaré, região central do Tocantins.

Conforme informações de testemunhas, por volta das 6h, o homem estava dormindo quando foi surpreendido por seis desconhecidos que chegaram em um carro preto e uma motocicleta e começaram atirar na direção da residência. Foram mais de 40 disparos efetuados com armas diversas.

O detento monitorado por tornozeleira eletrônica foi atingido nos ombros e sua namorada levou tiros de raspão no rosto e nas costas. Durante o tiroteio, os dois se deitaram e rolaram pelo chão para se desvencilharem dos balaços.

Populares disseram que os suspeitos fugiram no rumo na TO-070 e não foram mais vistos.

As vítimas foram socorridas pelo serviço de saúde local. John Lennon teve que ser encaminhado para um hospital de referência onde foi submetido a cirurgia e se encontra fora de perigo.

Atentado anterior

De acordo com familiares, esta foi a segunda tentativa de execução sofrida pelo rapaz em 8 dias. A primeira ocorreu no último dia 11, às 23h, quando sua casa foi invadida por dois homens que estavam em uma motocicleta.

Foram efetuados vários disparos. John Lennon conseguiu fugir rapidamente e não chegou a ser baleado.


error: Conteúdo Protegido