Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora


Wilson Neves - Presidente da ACISA-PN

De O Jornal.net

Representante dos empresários de Porto Nacional e do Distrito de Luzimangues, o presidente da Associação Comercial e Industrial de Porto Nacional (ACISA-PN), Wilson Neves falou sobre os impactos da covid-19 na economia do Tocantins e ainda sobre a disputa sucessória em Palmas. Líder classista, o empresário foi por duas vezes presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado Tocantins (Faciet).

Wilson Neves explicou que o fechamento do comércio, principalmente nos primeiros 60 dias da covid-19, ocasionou uma paralisação da economia e da indústria tocantinense que pode ser constatada com os indicadores de arrecadação e desemprego. No entanto, de acordo com o presidente da ACISA-PN, “nos últimos 30 dias foi possível perceber que a economia do Tocantins tem melhorado, porém é preciso que as instituições públicas deem um oxigênio financeiro às microempresas para que aqueçam seus negócios, o que resultará na geração de empregos, maior consumo e consequentemente mais arrecadação de impostos”, disse.

O presidente da ACISA-PN destacou também que é preciso realocar no mercado de trabalho aqueles que foram dispensados por causa da queda nas vendas nos municípios e do Estado. “Muitas portas foram fechadas, muitos empresários foram obrigados a reduzir equipe, comprar menos e todas estas ações, necessárias, foi um tiro na economia do Estado. Fomos todos pegos de surpresa, mas estamos vendo uma reação ainda que tímida na movimentação nos últimos dias”, detalhou Wilson Neves ao destacar que é preciso nos prepararmos para 2021, uma vez que este ano será marcado por muitos momentos difíceis.

Palmas

Sobre Palmas, o ex-presidente da Faciet foi categórico e taxativo: “em time que está ganhando não se mexe”. Para ele, a prefeita Cinthia Ribeiro mudou a cara de Palmas, transformou a Capital em um grande canteiro de obras, está pagando os fornecedores e prestadores de serviços em dia, o funcionalismo público municipal recebe na maioria das vezes antecipadamente, não há denúncias em sua administração.

“Na gestão da prefeita nunca houve visita da Polícia Federal em buscas e apreensões, seja em sua residência ou gabinete. Nunca teve o sigilo telefônico ou bancário quebrado. Não há denúncias, não é investigada. Por que trocar um gestor que tem demonstrado comprometimento com o município?”, questionou.

O presidente da ACISA-PN destacou ainda que os mesmos que hoje jogam pedras e condenam a prefeita Cínthia Ribeiro, são pessoas que respondem processos ou foram condenados. “A exemplo da boa gestão da prefeita posso citar a entrega de 500 unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida, em que foram investidos mais de R$ 40 milhões e uma escola para atender as crianças da região”, pontuou. Segundo Wilson Neves, além de beneficiar a comunidade de baixa renda, estas obras movimentam a economia da cidade ao empregar mão-de-obra. Além disso, foi realizada toda a obra de infraestrutura com pavimentação e drenagem de rede de esgoto nas ruas do Jardim Vitória I.


error: Conteúdo Protegido