Escute a rádio online agora:

Texto: Umbelina Costa

Fotos: Luiz Eduardo e Matheus Ferreira

Secretaria Municipal da Comunicação

Sete Atomizadores Costais a gasolina 2T Vulcan VAT 20 litros 7500 rpm e dois Pulverizadores Costais a gasolina VPM 260 2 T 26CC 0,95HP, motorizados, foram adquiridos pela Secretaria Municipal da Saúde de Porto Nacional, para reforçar o combate à disseminação do novo Coronavírus no Município.

As máquinas têm alto desempenho, eficiência e um alcance global de todas as áreas que receberão as soluções desinfetantes. Jatos de ar de alta velocidade são um dos poderosos mecanismos de lançamento dos produtos, armazenados em tanques com capacidade para 20 litros, o que permite baixo custo de operação e mais autonomia na hora de fazer as aplicações.

Os equipamentos já estão sendo utilizados para descontaminar a parte externa das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), UPA, prefeitura, abrigos, feiras e rodoviárias, bem como, dentro das repartições públicas municipais. Em campo aberto, o alcance de pulverização de uma das máquinas é de 10 a 15 metros de diâmetro, e da outra, de 1,5 a 2 metros.

O Distrito de Luzimangues também foi beneficiado com uma máquina. Uma equipe realiza as desinfecções em Porto Nacional e no Distrito, em dias alternados. Os profissionais fazem uma varredura úmida em todos os locais. Eles usam vestimenta adequada e EPIs – Equipamentos de Proteção Individual. Com as mãos enluvadas, abrem e fecham portas e janelas, para evitar a contaminação. A medida acontece em pontos com maior circulação de pessoas.

Para o coordenador das atividades de desinfecção, Luiz Eduardo Santos Viana, a aquisição do maquinário foi de grande valia, porque houve um aumento do rendimento na execução dos serviços. “Esses equipamentos chegaram na hora exata. Conseguiremos estender ainda mais os atendimentos de desinfecção”, disse.

O produto utilizado é o detergente CB-30 TA, que tem elevada ação germicida associado a um poderoso tensoativo, que desengordura, potencializando a atuação desinfetante.

Aprovado pelo Ministério da Agricultura – nº 3.100 de 13/12/1988 – é utilizado por maternidades, creches e outros locais que precisam de descontaminação.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) recomenda que, com a desinfecção, ao matar microrganismos em uma superfície após a limpeza, reduz ainda mais o risco de propagação de infeções. As medidas são fundamentais para contribuir na prevenção da transmissão da Covid-19.

A Saúde Municipal tem estabelecido, de forma clara, os riscos relacionados à transmissão de agentes infecciosos existentes nos ambientes de trabalho, por isso estão sendo limpos e desinfetados com rigor.

Recomendações

Higienize as mãos com álcool gel 70% (por 20 segundos) ou água e sabonete líquido (por 40 segundos) ao tocar superfícies (principalmente aquelas onde o contato com as mãos é maior).

Aumente a frequência de limpeza dos ambientes; desinfete, com álcool a 70%, locais frequentemente tocados como: maçanetas, interruptores, janelas, telefone, teclado do computador, controle remoto, elevadores e outros; mantenha os ambientes arejados e ventilados a maior parte do tempo; e use luvas de borracha próprias para limpeza. Estas são algumas das recomendações de segurança pessoal e coletiva no combate ao novo Coronavírus.

Desta forma é possível evitar a dispersão de microrganismos veiculados pelas partículas de pó.

Os panos de limpeza devem ser exclusivos para uso em cada ambiente. Portanto, panos usados na limpeza de banheiros não devem ser usados na limpeza de outros locais. Devem estar sempre limpos e alvejados.

Covid-19

A Covid-19 é uma doença infecciosa causada pelo novo Coronavírus SARS-coV-2. Os sintomas mais comuns são: febre, tosse seca e dificuldade para respirar, os quais aparecem gradualmente e geralmente são leves. A transmissão costuma ocorrer no contato com infectados, por meio de secreções, como gotículas de saliva.