Escute a rádio online agora:

Texto: Umbelina Costa

Fotos: Dornil Sobrinho

Secretaria Municipal da Comunicação

Desde 1990, ano em que foi inaugurado, que o Mercado Central Municipal de Porto Nacional não passava por uma reforma completa. Inédito: os 1.200 metros de área reformada receberam cem por cento de piso, parte elétrica e hidro sanitária, portas, janelas, esgotamento sanitário e pintura. O local, novinho, amplo e arejado, ainda ganhou jardinagem e tela de proteção contra pombos, trazendo mais limpeza.

No total são 31 boxes onde funcionarão peixarias, açougues, comércio varejista, chaveiro e praça de alimentação. A Feira Coberta, instalada na área aberta, também foi revitalizada e conta com uma nova estrutura e organização das bancas. O local tem 200 feirantes cadastrados, mas com a pandemia, apenas 130 estão ativos, vendendo seus produtos. A capacidade total são 250 feirantes. O Mercado e a Feira funcionarão de segunda a sábado, de 7 às 18 horas e aos domingos, de 6 às 14 horas. A entrega aconteceu na manhã deste domingo, 12.

Todos os integrantes do Mercado, da Feira e do Camelódromo estão trabalhando de máscara, e utilizando e disponibilizando álcool em gel 70% aos clientes, seguindo as orientações do Ministério da Saúde (MS) e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Como parte da estrutura, dois grandes banheiros, feminino e masculino, vão atender os integrantes do Mercado, da Feira Coberta e do Camelódromo. Na parte superior está instalada a sede da Secretaria Municipal da Produção, que conta com quarto salas, copa, dois banheiros. Esta funciona, devido ao Coronavírus, de 7 às 13 horas.

Hélio Paranhos – Sec. Mun. da Produção

Nas salas, profissionais engenheiros de alimentos, agrônomos, zootecnistas, técnicos em agropecuária, parte administrativa e gabinete do secretário da Pasta.

O secretário municipal da Produção, Hélio Paranhos, destacou que um dos maiores benefícios do novo Mercado Municipal e da Feira foi a geração de empregos e a qualidade de vida proporcionada aos produtores. “Com a pandemia, alguns feirantes estão preocupados e se afastaram do local, e a Secretaria está fazendo um trabalho excelente para trazer esses empreendedores de volta, oferecendo mais conforto e segurança, com bancas novas, higienizadas e bem melhores. Conforto e prioridade para o pequeno produtor, para que produza e venda com qualidade, atraindo a comunidade”, disse.

Sala da Secretaria da Produção