Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



No final da tarde de sábado (9), mais duas mortes por complicações decorrentes da Covid-19 foram registradas no Tocantins, elevando o total de óbitos do estado para 11.

O primeiro falecimento pela doença ocorreu no Hospital Regional de Gurupi, onde um caminhoneiro de 56 anos, hipertenso e ex-fumante, estava internado desde o dia 04 de maio depois de ter retornado de viagem.

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a informação, mas, não revelou o nome do paciente.

Transmissão comunitária

Também foi ratificada a notícia de que na terceira maior cidade do estado já existe transmissão comunitária do novo coronavírus que é o causador da Covid-19. Nesse tipo de contágio torna-se impossível identificar a origem da infecção.

Diante desse quadro que caracteriza incertezas, a Prefeitura de Gurupi adverte sobre o uso da máscara em todos os sentidos; o distanciamento social; e a assepsia pessoal para evitar disseminação total.

2ª Monte em Paraíso

A Secretaria Municipal de Saúde de Paraíso do Tocantins (Semus), na região central do estado, confirmou o primeiro óbito ocorrido no Hospital Regional de Paraíso (HRPT), também no final da tarde de sábado (9). Trata-se do senhor Oziel Alves Neto, de 57 anos, caminhoneiro, morador da Vila Chapadão.

Oziel é o segundo morador de Paraíso que morreu por conta do novo coronavírus. O primeiro foi o empresário Erlim Andrade, que faleceu em Goiânia no dia 20 de abril.

Com os novos casos, Paraíso totaliza 14 resultados positivos para o novo coronavírus. A Semus também informou os bairros onde os pacientes residem: 01 no centro; 02 no Serrano I; 01 no Setor Pouso Alegre; 03 no Setor Jardim Paulista; 02 no Setor Oeste; 03 na Vila Chapadão; e 01 no Novo Jardim Paulista.

Colaboração: Surgiu


error: Conteúdo Protegido