Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora

Espalhe essa notícia

Investir na base educacional é uma das diretrizes da Secretaria Municipal da Educação (Semed) de Porto Nacional, que tem demonstrado ao longo desses últimos três anos maior compromisso com a melhoria do setor. A Pasta investiu, com recursos próprios, na compra de centenas de livros didáticos para os alunos da Educação Infantil e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). A entrega simbólica dos livros e do material pedagógico aconteceu na quinta-feira, 23, na sede da Secretaria. A iniciativa vai atender 2.235 alunos da educação infantil, que corresponde do maternal ao 2º período, e 253 alunos da EJA. Os livros já estão sendo entregues em todas as unidades escolares.

Assim, mais uma vez, a Gestão Municipal demonstrou o selo e compromisso com a educação, garantindo a todos os alunos atendidos pela Rede Municipal, o acesso ao livro didático – instrumento tão importante em todo o processo educacional.

No momento de pandemia as salas de aula estão fechadas, mas toda a organização da educação de Porto Nacional tem se preparado para o retorno das aulas assim que a situação epidemiológica permitir.

A secretária Shyrleide Maia explicou sobre a motivação para a aquisição. “São livros que contribuem de forma significativa no dia-a-dia de professores e alunos em sala de aula, enriquecendo ainda mais o aprendizado por meio da apropriação de práticas educativas adequadas às necessidades das crianças”, comentou.

A cerimônia contou com a presença da secretária municipal da Educação Shyrleide Maia; da diretora pedagógica do Município, Francisca Hilderlene; da professora formadora da Educação Infantil, Alessandra Alves; da diretora do EJA, Lucilma Santana; e do coordenador de Tecnologia Educacional da Semed, Valdeir Avelar Júnior.

Livro didático e EJA

Um marco histórico na educação do município portuense. Os 253 alunos da Educação de Jovens e Adultos receberam livros, gratuitamente. É a primeira vez, desde gestões anteriores, que alunos da cidade podem estudar com livros didáticos oferecidos pelo Município, assim como ocorreu com alunos da educação infantil.

“Esses livros eram um sonho, há mais de seis anos, para ajudar na ministração de aulas para os nossos alunos da EJA, pois é uma modalidade diferenciada e cheia de desafios. E devido o Ministério da Educação (MEC) não estar fazendo essa entrega, solicitamos à gestão municipal a compra desse material, o que foi possível com recurso próprio. Já começamos a distribuição”, comemorou a professora Lucilma Santana, diretora da EJA no Município.

A modalidade de ensino da EJA é presencial e está disponível em duas escolas municipais – Jacinto Bispo Arantes, em Luzimangues e Dr. Euvaldo Tomaz De Souza, em Porto Nacional.

 

Texto: Jornalista Luciana Macedo

Fotos: Matheus Ferreira

Secretaria Municipal da Comunicação

 


Espalhe essa notícia
error: Conteúdo Protegido