Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Com um mandado de prisão em aberto por decisão condenatória oriundo da 2ª Vara Criminal de Porto Nacional, foi enxadrezado na madrugada de domingo (19), o vigilante Juarez Lira da Cunha, 45 anos, residente à Avenida Joaquim Aires, Vila Nova, Porto Nacional.

A reportagem do PORTALMV colheu informações de que o autor se envolveu em um pequeno acidente de trânsito em frente ao Cem Felix Camoa, no Setor Umuarama, por volta de 1h da madrugada. No momento que colhia os dados da ocorrência, a guarnição do 5º BPM constatou que Juarez tinha preventiva decretada.

Ele foi conduzido à 11ª CAPC – Central de Atendimento da Polícia Civil – para os procedimentos cabíveis e em seguida foi trancafiado na CPPPN – Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional – onde fica à disposição da justiça.

Também foi apurado por nossa reportagem que o mandado de prisão foi expedido em 19 de setembro de 2019, por decisão condenatória tipificada penalmente pelo artigo 217-A, da Lei 2448.

217-A

Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:

Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

Parágrafo1o Incorre na mesma pena quem pratica as ações descritas no caput com alguém que, por enfermidade ou deficiência mental, não tem o necessário discernimento para a prática do ato, ou que, por qualquer outra causa, não pode oferecer resistência.


error: Conteúdo Protegido