Escute a rádio online agora:

Um adolescente de 15 anos e três jovens foram perseguidos e detidos pela PM acusados de assalto, tiroteios em três setores e um homicídio. A sequência de crimes que culminou no confronto com os policiais ocorreu depois das 19h de sábado (4), em Araguaína, norte do Tocantins.

A trilha criminal percorrida pelos acusados teve início na Rua Tulipas, Setor Jardim das Flores, onde eles roubaram um carro de passeio (Gol Prata) e um celular de um popular que foi rendido em via pública.

Os miliares do 2º BPM receberam a informação da ocorrência e iniciaram as diligências no sentido de capturar os suspeitos.

Em pouco tempo, as guarnições foram informadas que os ocupantes de um carro com as mesmas características foram vistos efetuando disparos nos Setores Oeste, Sonhos Dourados e Costa Esmeralda. A partir desse instante, a perseguição policial foi intensificada e cercou os criminosos na BR-153, no setor Vila Couto.

O condutor não obedeceu a ordem de parada da PM e ainda atirou contra uma viatura policial da Força Tática. A equipe revidou disparando contra o veículo que acabou atingido em um pneu e parou na rodovia. Mesmo com o pneu furado, o motorista engatou a marcha a ré e colidiu com uma viatura militar. Sem saída, os quatro, finalmente, foram detidos.

Durante a troca de tiros, os jovens foram alvejados e o adolescente não foi ferido. Em poder dos autores, foram apreendidos o carro que havia sido roubado no Setor Jardim Flores; dois revólveres calibre 38; e um simulacro de pistola.

Os feridos foram socorridos e encaminhados para o Hospital Regional de Araguaína onde ficaram sob escolta policial já que depois devem ser levados para a 5ª CAPC – Central de Atendimento da Polícia Civil – para serem enquadrados e responderem na via judicial.

A reportagem do PORTALMV, com o apoio do portal O NORTE, conseguiu identificar os três maiores. São eles: Nicolas Gabriel Rodrigues Ramos, 20 anos, com passagem por tráfico de drogas; Aldenir Lópes Teixeira, 28 anos, passagens por roubo e associação criminosa e também com um mandado de prisão em aberto; e Anderson Allan Vieira Souza, 25 anos, sem informações sobre antecedentes criminais.

Homicídio

Conforme informações checadas pela reportagem e que estão sendo apuradas pela Polícia Civil, o ajudante de pedreiro Wanderlei Pereira Lima, 41 anos, residente no Setor Costa Esmeralda, foi baleado pelos criminosos que estão presos e faleceu ao dar entrada na urgência do Hospital Regional de Araguaína.

Os familiares da vítima afirmaram que o carro é o mesmo que passou no setor e seus ocupantes efetuaram os disparos fatais. A DHPP – Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa – acredita que pode ter ligação entre os crimes e pretende esclarecer os fatos dentro do prazo que é de dez dias.