Assista-nos ao vivo as 13:30 de segunda a sexta, na TV Portal Microfone Verdade
Escute online agora



Uma saraivada de boatos esquentou os bastidores da política portuense nesta quinta-feira (5), exatamente, marcando a abertura do último mês de prazo para definições e decisões importantes em relação às eleições de outubro vindouro.

Nas redes sociais e em alguns veículos de comunicação, foi dada como certa a cisão do grupamento político capitaneado pelo Prefeito Joaquim Maia com a iminente saída do vice-prefeito Ronivon Maciel.

Mesmo não havendo um desmentido oficial por parte do eventual dissidente, o PROS, partido ao qual ele está filiado, garantiu abertamente que não houve nenhuma reunião para definir tal posição. A direção municipal da legenda ressaltou que as decisões são tomadas em colegiado e não de forma unilateral. Assegurou também que desconhece qualquer posicionamento oficial de Ronivon sobre o suposto racha.

Por fim, os dirigentes partidários asseveram total fidelidade ao Prefeito Joaquim Maia e deixam claro que não acompanharão o vice-prefeito se este vier a decidir buscar outros rumos.

O DIGO LOGO tentou falar com Ronivon através de dois números durante todo o dia, porém, não conseguiu.

Da Redação/Aurivan Lacerda


error: Conteúdo Protegido