Escute a rádio online agora:

Com base em informações levantadas por investigadores da PC e militares que atuam em Alvorada e Talismã, policiais do 5º BPM, lotados em Ponte Alta do Tocantins, prenderam nesta terça-feira (3), o Auxiliar de Serviços Gerais Wildemarques Dias Alves, vulgo ORIPÃO, 26 anos, natural de Fátima (TO).

De acordo com o que apurou PORTALMV.COM, o homem estava escondido em uma casa na Rua Primavera do Leste, Setor Sul, e não esboçou resistência. Ele tem mandado de prisão temporária por 30 dias oriundo da comarca de Alvorada. A validade da ordem judicial termina dia 23 de março corrente.

ORIPÃO é acusado de homicídio e possível prática de violência sexual contra a pré-adolescente Andressa Aires de Souza, 12 anos, encontrada morta no começo da tarde do dia 11 de fevereiro último, depois 5 dias tida como desaparecida. Ela estava sem as roupas inferiores do corpo e apresentava sinais de violência.

Depois do sumiço da garota, o suspeito desapareceu do endereço onde morava em Talismã, Rua C1, mesmo setor em que a vítima residia.

Wildemarques foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional, de onde deverá ser recambiado conforme a decisão da justiça de Alvorada.

Matéria do dia da localização corpo  Veja aqui