Escute a rádio online agora:

Lançado no último dia 16 de dezembro, o programa “Tocantins – Catarata Zero”, já começou em Porto Nacional em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal da Saúde. Os exames e cirurgias serão realizados em clínicas credenciadas pelo programa. Nesta primeira etapa a previsão é de 90 cirurgias para pessoas cadastradas pelo Município.

O projeto é idealizado pela senadora Kátia Abreu, em parceria com diversas cidades tocantinenses. O prefeito Joaquim Maia, a secretária da Saúde, Anna Crystina Brito e a equipe do gabinete da senadora visitou a Clínica Orbcenter para o acompanhamento dos primeiros protocolos para os procedimentos cirúrgicos, ao lado do médico especialista Onilson Batista.

“Já são centenas de pessoas que iniciam agora a cirurgia de Catarata, onde o município de Porto Nacional e toda a região do Amor-Perfeito tiveram, via emenda da senadora Kátia Abreu, a condição de estar fazendo com que, organizadamente, a gente possa dar acesso a todas essas pessoas voltarem a enxergar”, ressaltou o prefeito Joaquim Maia.

A cirurgia de Catarata retira a parte opaca do olho. A intervenção é considerada segura e devolve qualidade de vida ao paciente.

Para a secretária da Saúde, Anna Crystina Brito, o programa “Catarata Zero” traz às pessoas a possibilidade de voltar a enxergar.

“Realizamos um credenciamento onde cinco clínicas foram aprovadas para fazer a oferta da cirurgia de Catarata. Hoje estamos visitando a primeira clínica onde os pacientes de Porto Nacional e dos municípios circunvizinhos estarão fazendo exames, avaliação, consulta e agendamento da cirurgia. O momento é de felicidade, pois sabemos que há uma demanda reprimida altíssima para esse tipo de cirurgia de correção visual. Buscamos esses pacientes no sistema de regulação para a realização de consultas, e agora chegou o momento de finalmente fazer a cirurgia”, enfatizou.

As cirurgias nesta primeira etapa ocorrerão nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro, na Clínica Orbcenter, centro de Porto Nacional.

Catarata Zero

O Tocantins – Catarata Zero tem o intuito de atender 6.500 pessoas na fila de espera dos anos de 2017, 2018 e 2019. Presente em Porto Nacional, Palmas, Tocantinópolis, Paraíso, Gurupi e Araguaína, o programa vai se expandir para outras cidades, alcançando o maior número de pessoas.

Emenda

Ao todo estão sendo investidos R$ 6 milhões, destinados pela parlamentar, para o custeio de exames e procedimentos cirúrgicos, contemplando os 139 municípios do Estado.

Texto: Jornalista Luciana Macedo

Fotos: Matheus Ferreira

Secretaria Municipal da Comunicação