O jovem Guilherme Alves da Luz, 21 anos, que atuava como açougueiro em um supermercado no Jardim Aureny III, região sul de Palmas, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (5), ao sair do trabalho.

Testemunhas disseram que ouviram cerca de dez disparos por volta das 21h30 e em seguida avistaram caído em frente a uma casa perto do estabelecimento comercial.

Policiais Militares do 6º BPM foram informados que dois suspeitos em uma motocicleta se aproximaram da vítima e o garupa atirou a queima roupa. Guilherme morreu antes da chegada das equipes de socorro.

Até agora não existe informação concreta a cerca dos motivos. Os familiares disseram que não sabiam se o rapaz se o tinha inimigos e revelaram que ele não era usuário de drogas.

A Polícia Civil iniciou a investigação levantando informações sobre uma suposta tentativa de assalto sofrida por Guilherme no dia 22 de janeiro, sendo que, na ocasião, ele chegou a reagir contra os dois autores que fugiram sem levar nada.