sábado ,19 agosto 2017
Página Inicial / Destaques / Reitora da Unitins morre de câncer aos 36 anos e será sepultada em Porto Nacional.

Reitora da Unitins morre de câncer aos 36 anos e será sepultada em Porto Nacional.

Faleceu na manhã deste sábado (24), a professora e reitora da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), Elizângela Glória Cardoso, 36 anos. Ele estava internada  no Hospital do Câncer de Barretos (SP), onde passava por tratamento e chegou fazer uma cirurgia este ano.

Em nota, a Unitins lamenta a morte da reitora e informa que ela estava afastada das funções desde o final de março para um tratamento de saúde. Nesta sexta-feira (23), o quadro de saúde agravou e ela não resistiu.

REITORA DA UNITINS 01O velório ocorre na sede administrativa da Unitins localizada na 108 Sul. O sepultamento está marcado para este domingo (25), no Cemitério Nossa Senhora das Mercês, em Porto Nacional, sua terra natal.

 LUTO OFICIAL

O governo do Tocantins decretou luto oficial de três dias e a Unitins decretou luto oficial de sete dias. A universidade também suspendeu as atividades acadêmicas e administrativas em todas as unidades da instituição na segunda-feira, 26.

Elizângela já tinha ficado quatro meses afastada do cargo para tratamento e chegou a voltar à reitoria em fevereiro. Emocionada com a recepção calorosa quando retornou, a reitora relembrou o seu tratamento de saúde. “Tudo na vida é passageiro, o que fica são suas obras. Agradeço muito de ver a presença de Deus nesta instituição. Eu tenho a minha família biológica e essa aqui, Unitins”, disse na época.

CONQUISTAS

Importantes conquistas para a Unitins ficam como legado da reitora para a sociedade tocantinense. As mais imponentes são a Lei nº 3.124/2016, que transformou a instituição em Universidade Estadual e a inauguração do campus da instituição em Palmas, o Campus Graciosa.

Outras conquistas também marcaram o desenvolvimento da Unitins em pouco mais de dois anos de exercício da reitora, como a inauguração de novos postos de trabalho nos Campus de Araguatins, Augustinópolis e Dianópolis. Ela ainda conseguiu junto ao governo estadual e apoio dos deputados da Assembleia Legislativa, a estruturação destes campi tanto na parte física, quanto de desenvolvimento do ensino, pesquisa e extensão.

Elizângela ainda contribuiu para alavancar a pesquisa no Estado através da Central Analítica de Pesquisa Agroambiental (Cepam), no Complexo de Ciências Agrárias (CCA), em Palmas, primeira obra inaugurada por ela no cargo de reitora, além de parcerias com órgãos como a Embrapa, Ministério da Agricultura e Seagro.

REITORA DA UNITINS 00

NA UNiTINS DESDE 2009

Elizângela Glória Cardoso era professora da Fundação Universidade do Tocantins (Unitins) desde 2009. Graduou-se em Serviço Social pelo Centro Universitário Luterano de Palmas (Ulbra) em 2005, obteve títulos de especialistas de Planejamento em Gestão de Projetos Sociais pela Unitins (2009) e em Gestão das Clínicas nas Regiões de Saúde pelo Instituto Sírio Libanês de Pesquisa (2014).

Era também assistente social efetiva da Secretaria Estadual de Saúde do Tocantins (Sesau). Na Unitins, já exerceu a função de coordenadora, sendo a primeira professora eleita pelo Colegiado do Curso de Serviço Social na modalidade EAD, para a função.

Foi uma das líderes do Movimento Pró-Unitins na luta pela criação de cursos presenciais. Com experiência em Projeto de Extensão, Elizângela Glória Cardoso desenvolvia pesquisas na área da Saúde e de Políticas para Crianças e Adolescentes. (Com informações da Ascom da Unitins)

NOTAS DE PESAR

Secretária de Estado da Cidadania e Justiça
Gleidy Braga Ribeiro

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) manifesta profundo pesar pelo falecimento da reitora da Universidade do Tocantins (Unitins), Elizangela Glória Cardoso, ocorrido na manhã de sábado, dia 24, em Palmas. Aos familiares, amigos e a todo corpo docente, discente e administrativo da Unitins, os mais sinceros pêsames pelo falecimento da magnífica reitora, que deixa uma excelente história de vida dedicada ao ensino. A educação do Tocantins perde uma grande profissional, jovem, dedicada e que muito fez pela instituição, deixando, assim, um legado de conquistas.

Secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes
Professora Wanessa Zavarese Sechim

Nós, da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), lamentamos profundamente o falecimento da professora Elizângela Glória Cardoso, magnífica reitora da Fundação Universidade do Tocantins. Assistente social por formação, Elizângela dedicou 8 anos à função de educadora na Unitins, de onde estava afastada para tratamento de saúde.

Servidora efetiva da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Elizângela era especialista ainda em Gestão de Projetos Sociais, Pela Unitins, e em Gestão das Clínicas nas Regiões de Saúde pelo Instituto Sírio Libanês de Pesquisa.

Na gestão da educação, o sentimento que fica com a perda da reitora é a saudade e a sensação de vazio deixada pela partida precoce de uma servidora competente e dedicada à educação pública superior do Tocantins.

Parlamentares
Lázaro Botelho e Valderez Castelo Branco

Foi com pesar que recebemos na manhã deste sábado, 24 de junho, a notícia do falecimento da reitora do Universidade do Tocantins (Unitins) Elizangela Glória Cardoso, ocorrido aos 36 anos, em São Paulo.

Neste momento de dor rogamos a Deus para que dê força a todos familiares e amigos, especialmente aos pais da nossa querida Elizangela, Sr. Lázaro e Sra. Ivoneth, para que tenham como lenitivo a esperança da ressurreição.

Pois como disse Jesus “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente – João 11:25-26”

Deputado Estadual
Wanderlei Barbosa

Manifesto meu profundo pesar e tristeza pelo falecimento da reitora da Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS), Elizângela Glória Cardoso, 36 anos, que morreu nesta manhã de sábado em São Paulo.

Reconhecida pela sua competência, Elizângela, muito jovem, já se tornava, por sua dedicação, um exemplo na educação tocantinense. Carismática, cultivou e cativou os corações por onde passou, uma batalhadora incansável, lutou sempre para ser cada vez melhor.

Transmito aos familiares, amigos e admiradores nossa solidariedade neste momento de dor. Que Deus conforte seus corações e dê forças para transformar toda dor desta perda irreparável em fé e esperança.

Deputado Estadual

Paulo Mourão

É com profundo pesar que recebi a notícia do falecimento da minha querida e adorável amiga, professora e reitora da Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS), Elizângela Glória Cardoso, que nos deixou após a luta no tratamento contra um câncer de intestino, doença descoberta no ano passado, em Palmas.

Sou testemunha do importante trabalho que a professora Elisângela realizou dentro da UNITINS. Tive a oportunidade de conviver e acompanhá-la de perto durante a luta pelo processo de mudança para que a universidade se tornasse pública e gratuita.

O Tocantins perde hoje uma mulher aguerrida, ética, exemplar, defensora e entusiasta da educação, que deixará saudades e um grande vazio em nossos corações. Sentiremos muito a sua falta.

Que Deus dê força e conforte os corações de todos, familiares e amigos, neste momento de dor, angústia e sofrimento. Descanse em paz minha querida, nos braços do pai.

Governador do Tocantins

Marcelo Miranda

Com muita tristeza, eu e Dulce Miranda recebemos a notícia do falecimento da reitora e amiga Elisângela Glória Cardoso, em quem depositamos nossa confiança para assumir a reitoria da Unitins. Sem dúvida alguma, a partida dela nos fará grande falta: enquanto ser humano e enquanto gestora da Universidade Estadual deste Estado.

O ensino superior do Tocantins perde uma grande gestora. Mais do que isso, perde um exemplo de força, coragem e determinação, qualidades que fizeram de Elisângela uma líder capaz de alterar o ambiente no qual se inseria, envolvendo e motivando as pessoas que liderava e com quem convivia.

Rogamos a Deus que conforte aos familiares e demais amigos, dando-nos a paz e a serenidade necessárias para superarmos esse momento de dor.

Secretária de Estado da Comunicação Social

Kênia Borges

Com pesar, recebemos a informação sobre a morte da professora Elizangela Glória Cardoso, reitora da Universidade do Tocantins (Unitins), ocorrida neste sábado em São Paulo. Querida por seus familiares e amigos, e respeitada pelo corpo docente e discente da Unitins, Elizangela deixa como legado uma vida dedicada ao bem comum.

Como reitora atuou fortemente para consolidar a presença da instituição pública estadual de ensino superior no interior do Estado, reforçando o perfil da descentralização, marca da Unitins. Dedicou-se a criar oportunidades e promover o desenvolvimento do Estado como um todo, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão.

A sua partida deixa uma lacuna em todos nós, mas temos certeza de que a instituição, sob seu exemplo, dará continuidade ao seu esforço. Reconhecemos toda a sua dedicação e rogamos a bondade do Altíssimo para que a receba em sua morada e console seus familiares e amigos nesse momento de dor e separação.

Secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Meire Carreira

Foi com muito pesar que recebemos o prematuro falecimento da reitora da Unitins, Elizângela Glória. Perdemos uma grande amiga e profissional, que se dedicou integralmente em proporcionar e garantir uma educação de excelência aos tocantinenses.

Neste momento rogamos ao Pai que console com toda ternura os seus familiares e que a acolhida seja banhada de amor.

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

MISS TOCANTINS 2017 00

Jovem de Dueré representará o Tocantins no Miss Brasil 2017.

Acontece neste sábado, 19, em Ilhabela, litoral paulista, o Miss Brasil Be Emotion. O concurso, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *