sábado ,19 agosto 2017
Página Inicial / Destaques / Parentes de suboficial da PM morto em latrocínio contam como foi.

Parentes de suboficial da PM morto em latrocínio contam como foi.

Diante da versão exposta pelos familiares do subtenente da PM, Milton Caetano, não há dúvida de que ele foi alvejado e morto em latrocínio dentro de sua própria casa, na 904 Sul, Palmas, na manhã de sábado (1º).

O policial morava com a esposa, a filha de dois anos e os sogros, na residência que foi invadida  por dois criminosos armados. Eles pularam o muro pela frente e abordaram a sogra de Caetano, que foi obrigada a mostrar o quarto do casal. O policial e a esposa ainda dormiam quando foram surpreendidos pelos ladrões. Na ocasião, o subtenente reagiu e entrou em luta corporal com os bandidos que efetuaram três disparos a queima roupa. Milton Caetano foi atingido com dois balaços nas costas e um no abdômen. A esposa da vítima também foi agredida fisicamente e ficou atordoada após receber uma coronhada na cabeça.

Policiais civis foram informados que a casa onde o PM morava com a família já tinha sido ocupada por vendedores de joias e que já havia sido alvo de assaltantes por duas ocasiões.

O subtenente Milton Caetano era integrante da banda da PM. Ele trabalhava no Colégio da Polícia Militar, dando aula de música para alunos do ensino fundamental.

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

BISPO DE PORTO E MARCELO MIRANDA

Bispo de Porto Nacional recebe do Governador titulo definitivo da área do Senhor do Bonfim.

O governador Marcelo Miranda corrigiu uma morosidade histórica e tornou realidade uma reivindicação antiga da …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *