quinta-feira ,24 agosto 2017
Página Inicial / Destaques / Padeiro morre no Hospital de Porto Nacional vitimado por suposto disparo acidental.

Padeiro morre no Hospital de Porto Nacional vitimado por suposto disparo acidental.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Porto Nacional iniciou nesta segunda-feira (17), as investigações visando esclarecer a morte do padeiro Douglas Júnio Leite Barros, conhecido por JÚNIO, 28 anos, que residia à Rua Pedro Aires Sobrinho, Setor Jardim Brasília.

Por volta das 10 horas e 30 minutos da manhã de quinta-feira (13), ele deu entrada no Hospital Regional de Porto Nacional com ferimentos graves na região torácica, produzidos por um disparo de arma de fogo no interior de sua residência. Quatro horas depois, Douglas Júnio faleceu na unidade hospitalar.

No momento da ocorrência, uma Guarnição do 5º Batalhão esteve no local e apreendeu a arma de fogo, sendo ela uma espingarda de fabricação caseira, e deteve o irmão da vítima identificado como Guilherme Pinto Barros, por posse ilegal de arma.

A única versão existente até o momento, porém, sem elementos suficientes para convencer os investigadores da PC, indica que o padeiro estava manuseando a bate bucha quando recebeu o disparo fatal na altura do peito esquerdo.

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

laiurez assi 1

MPE requer condenação de prefeito por doação de 400 mil reais a time de futebol.

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 8ª Promotoria de Justiça de Gurupi, ajuizou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *