Plantão
Ronda TO

Quarteto assalta carro de Uber e leva a pior em troca de tiros com a PM.

Publicado dia 17/05/2018 às 04h05min
O roubo ocorreu na região de sul de Palmas e o confronto armado se no município de Tocantínia.

Um confronto entre policiais militares e assaltantes terminou com quatro mortos na noite desta terça-feira, 15, em Tocantínia, na região central do estado. 

De acordo com a Polícia Militar, a corporação foi acionada na noite desta terça-feira, 16, depois que quatro homens agrediram e roubaram o carro de um motorista do aplicativo de transporte Uber. O assalto mediante sequestro aconteceu perto da Quadra 901 Sul. Sob ameaças e na mira de um revólver, a vítima foi levada para um matagal nas proximidades e amarrada. Depois de algum tempo, o homem conseguiu se soltar e chamou a polícia pelo telefone "190". 

Os assaltantes foram localizados por uma equipe do Grupo de Operações com Cães (GOC), perto da cidade de Tocantínia. A PM diz que os militares ordenaram que os suspeitos parassem o veículo, mas o grupo, além de ignorar os policiais, passou a atirar contra eles. Houve, então, uma intensa troca de tiros e três integrantes da quadrilha foram baleados. Eles foram encaminhados para o Hospital Geral de Palmas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no HGP. 

Durante o confronto, o quarto assaltante conseguiu fugir a pé e se esconder em um matagal. O homem, porém, acabou sendo encontrado por militares da ROTAM - Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas, e, na troca de tiros com eles, acabou atingido. O suspeito foi socorrido pelos bombeiros, mas também morreu ao dar entrada no hospital. 

Segundo a PM, os suspeitos não estavam com documentos pessoais e, por isso, não foram identificados. Os corpos dos quatro homens foram encaminhados para exames e reconhecimento no Instituto Médico Legal (IML) da capital.

O Comando Geral da Polícia Militar informou que abriu um inquérito para apurar as circunstâncias do confronto. Quatro armas foram apreendidas com a quadrilha e, conforme a Polícia Civil (PC), serão submetidas a perícia. Depois de também ser periciado, o carro roubado será devolvido ao proprietário. 

Fonte: RedeTO