Quarta, 26 de junho de 2019
63984631128
Ronda Porto

09/01/2019 ás 02h08 - atualizada em 10/01/2019 ás 10h01

PortalMV

Porto Nacional / TO

Porto Nacional registra dos homicídios em 24h com distância de 500 metros de um para o outro.
Os crimes ocorreram na região do Novo Planalto e, a priori, não há ligação entre ambos.
Porto Nacional registra dos homicídios em 24h com distância de 500 metros de um para o outro.
Gilvan e Lucas Fernades assassinados em Porto Nacional.

Dois homens foram mortos a tiros entre as 19h de domingo (6) e às 19h de segunda-feira (7), com uma distância em torno de 500 metros de um crime para o outro.


No primeiro caso, o autônomo Gilvan Barbosa Pereira, 27 anos, residente no Novo Planalto, foi alvejado nas proximidades da Avenida Guanabara, precisamente, em uma quadra baldia que fica na direção do Setor Parque da Liberdade.


Conforme informações de testemunhas, o homem foi baleado pelo autor que estava em uma motocicleta e fugiu no sentido da Vila Operária. Gilvan ainda foi socorrido por uma equipe do SAMU, mas, faleceu ao chegar no Hospital Regional de Porto Nacional.


A PM realizou buscas na região e conseguiu localizar o veículo usado na prática do delito, entretanto, não foi possível localizar o autor que está sendo procurado pela DEIC – Delegacia Especializada em Investigações Criminais – núcleo de Porto Nacional.


O segundo assassinado foi protagonizado nos moldes de uma execução e tem como vítima, o jovem Lucas Fernandes Vieira, conhecido por “BARRUFA”, que completou 18 anos no dia 25 de dezembro de 2018, e residia na Avenida Perimetral, Vila Operária, próximo do local onde foi morto.


Segundo relatos de testemunhas, o rapaz estava em frente ao Minibox São Francisco quando foi surpreendido por três homens encapuzados que chegaram em um gol prata de placa não identificada. Dois ocupantes saíram do carro e um deles efetuou os disparos que alvejaram a vitima no tórax e na cabeça. Os autores fugiram e não foram localizados pela PM que realizou buscas em toda a região.


Lucas foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, porém, faleceu quando estava sendo transportado para o Hospital Geral de Palmas.


Bala Perdida


O aposentado Jair Martins de Souza, 72 anos, foi atingido por uma bala perdida durante a execução de Lucas Fernandes. Ele foi socorrido e conduzido ao Hospital Regional de Porto Nacional onde foi medicado e liberado.


Ponto 40


Tudo leva a crer que uma pistola ponto 40, calibre de uso das forças de segurança, foi utilizada para executar “BARRUFA”. Pelo menos, quatro capsulas e um projétil com essas especificações foram encontrados no local do crime e deverão ser periciados.


Motivações


A princípio, os investigadores da DEIC – Porto Nacional – descartam algum tipo de conexão entre as mortes de Gilvan e Lucas.


Conforme os relatos iniciais, o primeiro homicídio pode estar relacionado as uma desavença envolvendo a vítima e um adolescente acusado de ter roubado um celular pertencente a um sobrinho de Gilvan. Existe uma versão corrente dando conta de uma possível troca de ameaças entre as partes envolvidas.


Já o segundo assassinato tem relações com o submundo das drogas e chega a ser encarado até como resultado de um confronto entre facções criminosas rivais.


Ainda é levado em conta o fato de “BARRUFA” ser apontado como autor de roubos e ter o costume de bater nas vítimas, o que suscita uma probabilidade de vingança por parte de alguém que possa ter sido espancado por ele.

FONTE: PortalMV

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados