Quinta, 24 de janeiro de 2019
63984631128
Geral

05/01/2019 ás 23h32 - atualizada em 06/01/2019 ás 23h58

219

PortalMV

Porto Nacional / TO

Governo chama de volta 2.477 servidores da saúde e resolve problema que poderia ter sido evitado.
O DOE deste sábado (5) também trouxe nomeações de servidores de seis secretarias e da ATS.
Governo chama de volta 2.477 servidores da saúde e resolve problema que poderia ter sido evitado.

O Governador Mauro Carlesse (PHS) nomeou mais servidores públicos para as secretarias de Cidadania e Justiça (Seciju), Saúde, Segurança Pública, Administração, Comunicação Social, Casa Civil e Secretaria-Geral de Governo.


Apenas na Secretaria da Saúde, o Governo resolveu recontratar 2.477 servidores públicos que tinham sido incluídos nos 15.766 contratos extintos no primeiro dia de 2019. Entre eles estão 387 médicos, centenas de enfermeiros e auxiliares de serviços gerais.


Também foram recontratados outros 108 servidores públicos lotados na Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), todos operadores de estação de tratamento de água.


As recontratações visam, principalmente, garantir o atendimento nos hospitais públicos e evitar prejuízos à população. No Hospital Regional de Porto Nacional, por exemplo, os enfermeiros chegaram a registrar Boletim de Ocorrência na Polícia Civil relatando que havia apenas um médico de plantão. Por isso, o Ministério Público Estadual instaurou inquérito para apurar a suspensão dos atendimentos de urgência e emergência.    


A relação de todos os servidores está no Diário Oficial dessa sexta-feira (05), edição nº 5.271.


AVALIAÇÃO DO GOVERNO


O Governo do Estado disse que, após os ajustes administrativos e o enquadramento do Estado na Lei de Responsabilidade Fiscal, pretende implantar ações que aprimorem a eficiência no atendimento aos cidadãos. Um dos exemplos é a criação das 10 macrorregiões que visam aproximar os serviços do Estado para a população que vive no interior e o uso de ferramentas tecnológicas para otimizar o atendimento, melhorar as condições de trabalho dos servidores e facilitar o acesso dos cidadãos às informações sobre os serviços prestados pelo Estado. 


O Governo ressaltou também que trabalha para remanejar servidores efetivos para a Secretaria da Saúde, assim como para o Detran, visando suprir a necessidade.


Quanto aos médicos recontratados, 387 no total, eles se juntarão a outros 715 profissionais efetivos em atividade nos hospitais do Estado, totalizando 1.102 médicos em atendimento à população. O número de contratados representa 74% dos contratos existentes em 31 de dezembro de 2018.


Além dos médicos, o Governo recontratou 60% dos servidores da Saúde, percentual acima do limite de 50% de contratos temporários já estabelecido na reforma administrativa.


No entanto, o Governo afirmou que a meta geral de redução de 50% dos contratos temporários segue em vigor para todas as demais secretarias. 

FONTE: AfNotícias/PortalMV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados