domingo, 09 de dezembro de 2018
63984631128
Ronda Porto

07/06/2018 ás 01h32 - atualizada em 08/06/2018 ás 00h56

1.085

PortalMV

Porto Nacional / TO

Jovem enciumado tenta matar ex de sua namorada, erra os tiros e acaba preso.
A tentativa de assassinato por motivos passionais ocorreu no Setor Porto Real, em Porto Nacional.
Jovem enciumado tenta matar ex de sua namorada, erra os tiros e acaba preso.
4ª DRPC de Porto Nacional

Falhas no funcionamento da arma e na pontaria do atirador impediram a provável concretização de um assassinato, no começo da noite desta terça-feira (5), no Setor Porto Real, em Porto Nacional, região central do Tocantins.


O representante comercial Thiago Cerqueira Ribeiro, 21 anos, contou que estava ajudando a descarregar um caminhão em uma loja de materiais de construção, na Avenida Tocantínia, próximo à subestação da Energisa, quando foi surpreendido pelo empacotador Luciano Gomes dos Santos, 20 anos, ambos residentes no mesmo setor.


De acordo com a vítima, o atirador se aproximou com uma arma em punho, provavelmente, um revólver calibre 32, apontou em sua direção e apertou o gatilho, porém, os tiros não saíram. Rapidamente, Luciano apontou para o chão e percebeu que o revolver estava pronto para funcionar. Ele voltou a levantar a mira para o alvo e desta vez conseguiu desfechar três disparos, entretanto, nenhum atingiu Thiago que conseguiu correr realizando movimentos para se defender.


O suspeito fugiu, supostamente, com o apoio de um comparsa que estava nas proximidades em uma motocicleta.


Imediatamente, a equipe da DHPP – Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa – com o apoio dos plantonistas da 4ª DRPC, capturou o autor que não estava mais com a arma do crime.


Ciúmes


Nos primeiros depoimentos prestados por vítima e testemunha, o Delegado Leandro Risi dos Santos (DHPP), identificou uma contextura amorosa como pano de fundo do crime.


A jovem que vive atualmente com Luciano já foi namorada de Thiago. Como os três moram no mesmo setor terminaram se envolvendo em uma rede de boataria que aflorou uma enorme carga de ciúmes deixando o acusado completamente transtornado,


Na presença da autoridade policial, Luciano se deu ao direito de permanecer calado e garantiu que só irá se pronunciar em juízo após ouvir seu advogado. Os agentes da DHPP ainda diligenciam no sentido de localizar a arma do crime.

FONTE: Portal MV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados