Dois homens e duas mulheres são presos e duas “bocas” fechadas pela PC.
Sexta, 19 de outubro de 201819/10/2018
63984631128
Nublado
23º
24º
32º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,73
euro R$ 4,27
MICROFONE VERDADE
RONDA PORTO
Dois homens e duas mulheres são presos e duas “bocas” fechadas pela PC.
A Operação foi realizada pela 4ª DRPC e contou com o apoio da DHPP, 1ª e 3ª DPCs.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 07/06/2018 ás 00h33
Dois homens e duas mulheres são presos e duas “bocas” fechadas pela PC.

PC cumpre mandados em residências.

Na manhã desta sexta-feira (18), a 4ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Porto Nacional, à frente o Delegado Wagner Siqueira, realizou mais uma operação de combate ao tráfico de drogas nos Setores Vila Nova, Irmã Edila e Beira-Rio, na zona norte da cidade.


A ação foi desenvolvida conjuntamente com a DHPP – Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa; 1ª DPC – Delegacia de Polícia Civil; e 3ª DPC. Além dos agentes e escrivãs, participaram diretamente das incursões os delegados Leandro Risi Santos, Gregory Almeida Alves do Monte e Antonio de Oliveira Carvalho.


Dois homens e duas mulheres foram presos e dois menores foram conduzidos. Drogas, armas, munições, um animal silvestre, dinheiro, celulares e objetos diversos foram apreendidos.


Prisões e apreensões


A primeira boca de fumo foi estourada na Avenida Parnaíba, Setor Vila Nova, na residência da doméstica Rosilene Dias Fernandes, 37 anos, onde os agentes da PC localizaram 17 porções de maconha, 8 de cocaína e uma porção de crack.


Também foram apreendidos em poder de Rosilene 250 reais fracionados, geralmente, usados para troco; 08 munições de calibre 38; e uma balança de precisão.


O segundo ponto de vendas investigado pela PC e com mandado de busca expedido pela justiça foi descoberto na Rua 09, Quadra 08, Setor Beira-Rio. No local foram apreendidos dois frascos com sementes de maconha; duas porções de maconha prontas para venda; uma pistola 380; cinco munições de 380; uma munição de ponto 40; uma espingarda de pressão adaptada para calibre 22; uma luneta para arma de fogo; um jaboti; uma TV de LED 55 polegadas; diversos celulares, semijoias e 830 reais em dinheiro. 


Na ocasião foram presos: Nedimeia Pereira dos Santos Xavier, 23 anos; Luiz Fernando Rodrigues Alexandria, 30 anos; e o principal alvo das investigações, o vendedor Wagne Rodrigues Chaves, o VAGOTA, 33 anos.


Todos foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de armas e munições. VAGOTA também foi enquadrado por crime ambiental em virtude de ter sido flagrado com um jaboti em cativeiro.


Após os procedimentos realizados na Central de Atendimento da Polícia Civil, os homens foram encaminhados para a carceragem da Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional e as mulheres foram recolhidas na Unidade Prisional Feminina, localizada no Setor Bela Vista, região sul de Palmas.


“Estamos atuando, ferrenhamente, no intuito de coibir o tráfico de drogas em Porto Nacional e região, através da nossa DHPP, por entendermos e constatarmos que a maioria total dos homicídios tem ligações com comércio de entorpecentes”, disse o Delegado Regional Wagner Siqueira.

FONTE: Portal MV
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
403