Terça, 11 de dezembro de 2018
63984631128
Ronda TO

30/11/2018 ás 23h46 - atualizada em 02/12/2018 ás 00h13

256

PortalMV

Porto Nacional / TO

Ossada de mulher desaparecida há dois anos é encontrada pela PC.
Muita paciência e a utilização de técnicas investigativas levaram à localização dos restos mortais.
Ossada de mulher desaparecida há dois anos é encontrada pela PC.
Equipe da PC faz escavação para arrancar ossada de mulher.

Restos mortais de uma mulher foram encontrados enterrados numa chácara localizada nas proximidades do Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara), nesta sexta-feira (30).


A mulher, identificada como Mariene Duque da Silva, de 40 anos, estava desaparecida há dois anos. A polícia suspeita que ela tenha sido morta com um golpe de foice por seu próprio companheiro.


A delegada Maria Dinesitânia Rocha Cunha relatou que várias investigações foram realizadas para descobrir o paradeiro da mulher, logo após o seu desaparecimento, mas sem sucesso. Na época, o companheiro chegou a ser ouvido e disse que ela tinha ido embora de casa.


A mesma versão foi sustentada pelo filho da vítima, hoje com 7 anos. A criança presenciou o crime, mas foi ameaçado de morte pelo padrasto para que mentisse. No entanto, a criança foi ouvida outras vezes e começou a contar fragmentos de novas informações.


Posteriormente, o menino revelou as ameaças, inclusive contra sua tia, e revelou a verdadeira história.


A delegada informou também que a criança foi repassando as informações desvirtuadas em decorrência da ameaça, mas decidiu contar mais detalhes do caso. Uma irmã da vítima também relatou que a criança chegou a dizer: “tia, ele [padrasto] acertou a mamãe com uma foice e foi pra matar”.


Um laudo do Instituto Médico Legal vai apontar as causas da morte, no entanto, a versão da criança é a primeira pista. “Acreditamos que ela foi morta com um golpe muito forte na cabeça, porque o crânio está faltando um pedaço”, disse a delegada.


Os restos mortais da mulher foram encontrados numa propriedade vizinha à chácara onde o casal morava. 

FONTE: AfNotícias

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados