Terça, 11 de dezembro de 2018
63984631128
Ronda Porto

28/11/2018 ás 01h02 - atualizada em 29/11/2018 ás 00h38

613

PortalMV

Porto Nacional / TO

PC desvenda morte de sargento em Porto Nacional e indicia autores por latrocínio.
Segundo as investigações, quatro assaltantes participaram do crime, entre eles, um adolescente.
PC desvenda morte de sargento em Porto Nacional e indicia autores por latrocínio.
Sargento Junivaldo foi assassinado no município de Porto Nacional.

O assassinato do Sargento PM Junivaldo Pereira de Melo, 43 anos, ocorrido na noite do dia 06 de agosto de 2018, acaba de ser elucidado pela Polícia Civil, através da DEIC – Delegacia Estadual de Investigações Criminais Complexas – núcleo de Porto Nacional.


Conforme o desvendamento anunciado pelo delegado Diogo Fonseca da Silveira, o sargento Pereira como era conhecido, caminhava pela propriedade rural, na região do Ribeirão do Carmo, quando foi surpreendido por quatro indivíduos que tencionavam cometer um roubo no imóvel e aproveitaram a oportunidade para também subtrair os pertences do policial militar.


Na ocasião, Junivaldo tentou reagir à ação dos ladrões e foi atingido por cinco disparos de arma de fogo na cabeça e nas costas. Assim que a vítima tomou nos matagais sem vida, os criminosos roubaram sua arma, uma pisto 380 acautelada pela PM. Ficou evidenciado nos autos, segundo a investigação, que o autor dos tiros que exterminaram a vida do militar foi o latrocida Edeilson José de Oliveira Negre Lopes, vulgo PICA-PAU, 30 anos.  


Além de Edeilson, o delegado Diogo Fonseca também indiciou Washington Pereira Lopes, 24 anos; e Argemiro Lopes Sampaio Neto, conhecido por XIBIU, 40 anos, pelo crime de latrocínio, cuja pena pode chegar a 30 anos de reclusão.


Adolescente envolvido


De acordo com as informações da DEIC, o quarto participante do latrocínio foi identificado como Lucas Rodrigues da Silva, 15 anos, enteado de XIBIU.


Ultimamente, o adolescente estava morando com a mãe e uma irmã em Lagoa da Confusão, onde foi sequestrado no dia 11 de novembro e foi encontrado morto com perfurações de balas, no último sábado (24), às margens da BR-153, entre Fátima e Santa Rita.


O corpo do rapaz foi encaminhado para o IML de Palmas e só foi reconhecido por sua irmã na noite desta segunda-feira (27).


Ela narrou que na noite do dia 11, Lucas foi sequestrado por quatro homens encapuzados e ficou desaparecido até ser localizado morto no último fim de semana. Ainda conforme a parenta do adolescente, os invasores de sua residência sumiram com seu irmão exatamente na véspera do interrogatório que ele prestaria sobre o caso do sargento.


Para alguns investigadores da PC, a execução do garoto de 15 anos pode ser interpretada como uma queima de arquivo já que ele vinha colaborando com as investigações e foi sequestrado no dia anterior à inquirição que aconteceria em Porto Nacional.


Destino dos acusados


O menor está morto; seu padrasto (Xibiu) está recolhido à Cadeia Pública de Cristalândia; Washington está foragido; e PICA-PAU também é tido como fugitivo.  

FONTE: Portal MV

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados