Segunda, 17 de junho de 2019
63984631128
Economia

22/11/2018 ás 10h07

PortalMV

Porto Nacional / TO

Prefeito de Miracema antecipa demissão de contratados.
Apenas os afetos dos serviços essenciais deverão ser mantidos, conforme especifica o decreto.
Prefeito de Miracema antecipa demissão de contratados.
Saulo Milhomem baixou decreto demitindo contratados em Miracema.

O prefeito de Miracema do Tocantins, Saulo Sardinha Milhomem, antecipou a exoneração de todos os servidores contratos temporariamente a título precário. O objetivo, segundo o Decreto n° 441, é o equilíbrio econômico-financeiro do município.


Apesar das demissões em massa, a prefeitura deve preservar os serviços essenciais, inclusive, com a permanência de alguns contratos imprescindíveis à execução de suas respectivas atividades.


Conforme o decreto, todos os servidores contratados estão exonerados a partir dessa segunda-feira (20). O prefeito argumenta que o município sofre com a instabilidade financeira e que há necessidade emergencial de contenção de gastos.


Diz também que a atual gestão tem encontrado dificuldade em equacionar a arrecadação com as despesas e o município corre o risco de não atender o limite de gasto com pessoal estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal.


Além disso, Saulo Milhomem argumenta que o município está sofrendo constantes bloqueios judiciais em razão de um passivo trabalhista anormal devido à contratação irregular de entidades do terceiro setor no passado.


Por fim, o prefeito lembra também de dívidas relativas à Receita Federal, INSS, instituições bancárias, sindicatos e prestadores de serviços.


O decreto não menciona a quantidade de servidores exonerados. 

FONTE: AfNotícias/PortalMV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados