Gesseiro é encontrado morto, com membros decepados e sinais de carbonização.
Sábado, 17 de novembro de 201817/11/2018
63984631128
Nublado
22º
27º
31º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,74
euro R$ 4,27
MICROFONE VERDADE
RONDA PORTO
Gesseiro é encontrado morto, com membros decepados e sinais de carbonização.
O homem era usuário de crack e vinha recebendo ameaças por causa de uma dívida em uma “baca de fumo”.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 06/11/2018 ás 01h34 - atualizada em 09/11/2018 ás 10h46
Gesseiro é encontrado morto, com membros decepados e sinais de carbonização.

Hudson estava desaparecido e foi encontrado morto a facadas.

Na tarde deste domingo (4), terminou de forma triste e bastante dolorosa, o drama do desaparecimento do gesseiro Hudson Cerqueira da Silva, 28 anos, residente na Rua NC-27, Quadra 30, Lote 03, Setor Nova Capital, em Porto Nacional, região central do Tocantins.


O rapaz estava sumido havia cinco dias e seu corpo foi encontrado por populares em uma área verde localizada entre os Setores Irmã Edila e São Vicente, precisamente, por trás do Parque de Exposições Agropecuárias da cidade. O mal cheiro exalado do cadáver em decomposição despertou a curiosidade de alguns moradores da região.


A Polícia Militar foi acionada, promoveu o isolamento do local e deu suporte ao trabalho da perícia criminal que colheu amostras e resíduos a serem utilizados como elementos essenciais no âmbito das investigações já iniciadas pela DEIC – Delegacia Especializada em Investigações Complexas – núcleo de Porto Nacional.


Mutilação e carbonização


Pela posição que estava, foi possível constatar de imediato que Hudson Cerqueira foi abatido de forma violenta com requintes de crueldade. A mão direita fora completamente decepada e a esquerda apresentava mutilações nos dedos.


Também foram constatadas várias perfurações de arma branca nas costas e no pescoço. Ao redor do corpo e nas regiões do tronco e da cabeça, havia sinais de carbonização.


Após o trabalho da perícia, o cadáver foi removido para exames no Instituto Médico Legal (IML) de Palmas.


Dívida de drogas


Investigadores da Polícia Civil colheram informações que apontam o assassinato de Hudson como um provável acerto de contas pertinentes ao tráfico de entorpecentes.


No dia do desaparecimento, a vítima tinha revelado a amigos e familiares que estava recebendo ameaças por causa de uma dívida em uma “boca de fumo” da cidade onde vinha comprando crack para saciar sua dependência.


Até agora ninguém foi preso e também não foram divulgadas informações sobre nenhum suspeito.

FONTE: Portal MV
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
780