domingo, 09 de dezembro de 2018
63984631128
Geral

11/10/2018 ás 23h13

173

PortalMV

Porto Nacional / TO

Assistência Social de Porto Nacional se destaca com Escola de Socioeducação.
O público-alvo são orientadores socioeducativos que possam atuar com o adolescentes em conflito com a lei e suas famílias.
Assistência Social de Porto Nacional se destaca com Escola de Socioeducação.
Secretária Verônica Fontoura destaca projeto socioeducativo.

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) da Secretaria Municipal da Assistência Social apresentou uma boa notícia para os orientadores sociais do Município: o Curso do Projeto Capacitasocioeducativo da Escola Municipal de Socioeducação.


A iniciativa é da equipe multiprofissional do CREAS que tem por finalidade realizar a formação continuada dos orientadores socioeducativos de Porto Nacional, bem como articular intersetorialmente a rede municipal de atendimento.


O público-alvo foram os orientadores socioeducativos que possam atuar com o público de adolescentes em conflito com a lei e suas famílias.


 “É um grande ganho para o município de Porto Nacional que sai na frente com essa Escola Municipal de Socioeducação que vem permeado também pela Escola Nacional de Socioeducação”, comemorou Fontoura.


A secretária de Assistência Social parabenizou ainda a equipe do Creas na pessoa de Quinara Resende, advogada do Centro de Referência, por estar sempre buscando melhorias na questão das medidas socioeducativas para o município.


Por sua vez, a advogada do Creas, Quinara Resende explicou também que, o curso de capacitação não é somente voltado pra quem já atua com adolescentes em conflito com a lei, mas também pra as pessoas interessadas em atuar.


“A equipe socieodeducativa do Creas estará ministrando o curso de duração de três meses, 165 horas. Terá certificado pelo município através da Secretaria de Assistência Social, que é o órgão gestor que acompanha adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas”, disse ela.


De acordo com a psicóloga da equipe de medidas, Joana Darc Queiroz Miranda, toda rede intersetorial, saúde, educação, cultura, e demais áreas foi convidada para estar participando do projeto. “Estamos aqui com esse trabalho pra poder fortalecer a rede, pra podermos construir uma forma de lidar com os nossos sócios educandos de uma forma mais valida e construtiva”, salientou a psicóloga Miranda.


A equipe socioeducativa do Creas estará ministrando o curso de duração de três meses, 165 horas. Terá certificado pelo Município através da Secretaria de Assistência Social, que é o órgão gestor que acompanha adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas.


 

FONTE: Por Luciana Macedo/Secom

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados