Traficante é preso novamente três meses depois de sair da cadeia.
domingo, 23 de setembro de 201823/9/2018
63984631128
Parcialmente nublado
23º
27º
36º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 4,05
euro R$ 4,76
MICROFONE VERDADE
RONDA TO
Traficante é preso novamente três meses depois de sair da cadeia.
A ação foi desencadeada pela Polícia Civil e contou com o apoio da Polícia Militar.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 16/08/2018 ás 00h40
Traficante é preso novamente três meses depois de sair da cadeia.

Dando continuidade às ações de combate ao tráfico de drogas, a Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Cristalândia, com o apoio da Polícia Militar efetuou, na tarde desta quarta-feira (15) a prisão de Edinei Teles da Costa. Ele é suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas e foi capturado em flagrante, quando se encontrava em uma das ruas daquela cidade.


De acordo com o Delegado José Lucas Mello, Edinei já estava sendo investigado há dois meses por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas, em Cristalândia e, na tarde desta quarta-feira, foi surpreendido com uma pedra de aproximadamente 50g de crack.


Além do entorpecente, os policiais civis também encontraram em poder do traficante uma balança de precisão, usada para pesar a droga; e uma certa quantia em dinheiro.  Ainda segundo o Delegado, Edinei estava preso por tráfico e há 3 meses havia deixado a cadeia.


Após ser conduzido à sede da Delegacia de Cristalândia, o indivíduo foi indiciado por tráfico de drogas tipificado no Artigo 33 do código penal, e, após a realização das providências legais cabíveis, recolhido à carceragem da Cadeia Pública local, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

FONTE: Ascom/SSP
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
212