Mulher encontrada morta nos matagais em Palmas pediu socorro pelo whatsapp.
domingo, 21 de outubro de 201821/10/2018
63984631128
Muito nublado
23º
23º
31º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,71
euro R$ 4,27
MICROFONE VERDADE
RONDA TO
Mulher encontrada morta nos matagais em Palmas pediu socorro pelo whatsapp.
O corpo com perfurações de tiros foi localizado próximo ao Shopping Capim Dourado.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 10/08/2018 ás 00h21 - atualizada em 11/08/2018 ás 00h16
Mulher encontrada morta nos matagais em Palmas pediu socorro pelo whatsapp.

Patrícia Aline encontrada morta em Palmas.

Na manhã desta quinta-feira (9), trabalhadores que atuam na construção de uma avenida na região norte de Palmas, encontraram o corpo da estudante Patrícia Aline Santos, de 29 anos, moradora da Quadra 307 Norte.


É provável que o corpo tenha sido desovado, uma vez que os funcionários da construtora disseram que passaram no local bem cedo e não viram nada. Porém, pouco depois das 8 horas o cadáver foi encontrado.


O corpo de Patrícia tinha marcas de tiros e as circunstâncias apontam para um possível feminicídio que é o assassinato da vítima pela condição de ser mulher, tendo como motivações principais o ódio, o desprezo e o sentimento de perda do controle e da propriedade da companheira.


A equipe da perícia criminal e os investigadores da Polícia Civil examinaram alguns pertences da vítima e chegaram à conclusão que o autor pode ser o próprio namorado Yure Italu Mendanha que, por sinal, está desaparecido.


Whatsapp


Populares disseram aos investigadores que o relacionamento de Patrícia com Yure teria aproximadamente dois meses e já vinha sendo marcado por confusões, brigas e ameaças. “De vez em quando a gente ouvia os gritos e os pedidos de socorro dela sendo castigada por ele”, disse um vizinho.


A Polícia Civil identificou no celular de Patrícia chamadas de voz através do Whatsapp e textos pedindo socorro para uma amiga dizendo que Yure queria matá-la.

FONTE: Portal MV
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
529