Policial Militar é encontrado morto a tiros perto do Ribeirão do Carmo em Porto Nacional.
Terça, 14 de agosto de 201814/8/2018
63984631128
Trovoadas
23º
28º
32º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,87
euro R$ 4,39
PREFEITURA DE PORTO NACIONAL
RONDA PORTO
Policial Militar é encontrado morto a tiros perto do Ribeirão do Carmo em Porto Nacional.
O 3º Sargento estava de folga e foi visto com vida pela última vez na segunda-feira (6) quando saiu para caçar.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 08/08/2018 ás 00h28 - atualizada em 09/08/2018 ás 00h39
Policial Militar é encontrado morto a tiros perto do Ribeirão do Carmo em Porto Nacional.

Corpo de sargento da PM nos matagais em Porto Nacional.

Na manhã desta terça-feira (7), foi encontrado morto o 3º Sargento PM Junivaldo Pereira de Melo, PEREIRINHA, 43 anos, residente à Rua Iriri, Setor Vila Nova, em Porto Nacional. O corpo do militar foi localizado crivado de balas no meio da vegetação próxima às margens da TO-455, imediações do Ribeira do Carmo.


Conforme informações preliminares, o militar tinha marcas de tiros na cabeça e nas costas. A carteira com dinheiro e cordão de ouro estavam com a vítima, entretanto, as armas não foram encontradas durante o levantamento pericial. Um aparelho telefônico celular também foi recolhido no local.


O corpo foi levado para exames necroscópicos no IML de Porto Nacional e depois liberado para velório no endereço da família.  


Amigos e familiares informaram que o sargento estava de folga do 6ª BPM, em Taquaralto, onde era lotado. Ele saiu nesta segunda-feira (6) dizendo que iria participar de uma caçada.


A equipe da DHPP – Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa – de Porto Nacional, esteve no local fazendo as primeiras abordagens, porém, não adiantou nenhuma informação sobre motivação e autoria.


O sumiço das armas pressupõe a hipótese de latrocínio, entretanto, a recusa de roubar a carteira e a joia ameniza um pouco a suspeição. “Já que ficaram evidentes os sinais de execução, é provável que o desparecimento das armas tenha sido proposital no sentido de tentar confundir as possíveis pistas”, comentou um investigador que pediu para não ser identificado.

FONTE: Portal MV
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
1.147