Briga de bar em Porto Nacional termina com um morto, um ferido e um preso.
Quarta, 19 de setembro de 201819/9/2018
63984631128
Claro
25º
27º
37º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 4,14
euro R$ 4,84
MICROFONE VERDADE
RONDA PORTO
Briga de bar em Porto Nacional termina com um morto, um ferido e um preso.
A tragédia ocorreu no povoado de Cabeceira Redonda, na fronteira com Miracema.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 10/07/2018 ás 15h29 - atualizada em 11/07/2018 ás 10h13
Briga de bar em Porto Nacional termina com um morto, um ferido e um preso.

Briga de bar com morto, ferido e preso.

Uma confusão generalizada, provavelmente, por causa de uma mulher, terminou com um saldo de um morto, um gravemente ferido e um preso. A briga ocorreu no começo da noite de domingo (8), no interior do Bar da Loura, localizado no povoado de Cabeceira Redonda, região do distrito de Luzimangues, precisamente próximo ao Projeto de Assentamento Irmã Adelaide, na fronteira com o município de Miracema.


A vítima fatal Roni Gonçalves, 29 anos, consumia bebidas alcóolicas no estabelecimento, quando começou uma discussão com o lavrador Luiz Neto, vulgo CHICO, 42 anos, companheiro da proprietária do comércio.


Durante a confusão, CHICO se apossou de uma espingarda de cartucho, calibre 22; e efetuou um disparo na cabeça de Roni. Ainda no decorrer da briga, outro homem conhecido por JUVENAL, todos residentes na região, foi atingido com coronhadas.


As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Geral de Palmas, onde Roni faleceu na madrugada desta segunda-feira (9). Por sua vez, JUVENAL permanece internado na sala vermelha da unidade hospitalar com traumatismo craniano.


Policiais Militares entraram em ação ao tomarem conhecimento e conseguiram deter o suspeito que foi ouvido e autuado pela Polícia Civil ficando à disposição da Justiça.


Rixa


As primeiras informações colhidas pela Polícia Civil dão conta que vítima e acusado já tiveram desentendimentos ligados a uma provável disputa amorosa tendo como pivô a proprietária do bar.


Acredita-se que algum tipo de insinuação tenha despertado o ciúme e a ira do atual companheiro da comerciante.


As investigações serão realizadas pela 4ª DPC de Luzimangues com o apoio da DHPP – Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa – de Porto Nacional.

FONTE: Portal MV
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
1.166