Jovem que matou outro por motivo fútil é preso ao debochar da vítima em rede social.
Quarta, 14 de novembro de 201814/11/2018
63984631128
Muito nublado
23º
31º
32º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,78
euro R$ 4,28
MICROFONE VERDADE
RONDA TO
Jovem que matou outro por motivo fútil é preso ao debochar da vítima em rede social.
Crime ocorreu domingo (8), no final da noite, em um bar, na cidade de Tocantinópolis.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 10/07/2018 ás 00h03 - atualizada em 10/07/2018 ás 15h35
Jovem que matou outro por motivo fútil é preso ao debochar da vítima em rede social.

Matou homem em bar e debochou na rede social.

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Regional de Tocantinópolis, sob o comando do Delegado Regional Tiago Daniel de Moraes, prendeu em flagrante, na manhã desta segunda-feira (09) Domingos Vieira da Silva, de 21 anos, em razão do homicídio qualificado pelo motivo fútil, praticado contra Adriano Gomes Nogueira, de 29 anos, por volta de 23h, de domingo (8).


Conforme apontaram as investigações da Polícia Civil, durante uma discussão verbal entre a vítima e uma terceira pessoa, Domingos, sem ter qualquer relação com os envolvidos, avançou contra a vítima lhe desferido dois golpes de punhal no peito. Em virtude da gravidade dos ferimentos, Adriano veio a óbito no local.


Domingos ao ficar sabendo da morte de Adriano, ainda durante a madrugada, pelo Facebook, deixou uma mensagem dizendo: "Vai em paz, mlk", debochando do falecimento da vítima. Pela manhã, Domingos ameaçou de morte sua namorada pelo Whatsapp e disse para a família dele que não iria se entregar a Polícia Civil.


Já de posse das características do suspeito, os policiais civis da 2ª DRPC localizaram Domingos, quando o mesmo se encontrava em uma casa abandonada, no Setor Alto da Boa Vista 2, em Tocantinópolis. Ao ser abordado, o homem não reagiu à prisão.


Durante o tempo que ficou escondido na referida residência, Domingos tirou várias selfies, com seu celular, demonstrando total indiferença e falta de compaixão, sorrindo e fazendo gestos obscenos.


Domingos foi interrogado e alegou que estava apenas se defendendo de um agressão da vítima, o que foi totalmente descartado pelas investigações, uma vez que foi o autor quem começou a agredir a vítima, sem motivo aparente.


Desta maneira, o indivíduo foi conduzido à sede da Delegacia de Tocantinópolis, onde foi autuado em flagrante pela prática do crime de homicídio qualificado. Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, Domingos foi encaminhado à Cadeia Pública de Tocantinópolis, onde vai aguardar preso o fim das investigações e a consequente ação penal.

FONTE: Por Rogério de Oliveira/Ascom-SSP
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
598