Professores da Unirg lançam o livro "Memória, Política e Gestão: Lampejo do Tempo"
Sábado, 21 de julho de 201821/7/2018
63984631128
Ensolarado
19º
33º
33º
Porto Nacional - TO
dólar R$ 3,77
euro R$ 4,43
PREFEITURA DE PORTO NACIONAL
CULTURA
Professores da Unirg lançam o livro "Memória, Política e Gestão: Lampejo do Tempo"
A produção traz as mais importantes realizações das atividades sindicais, políticas e sociais da Apug durante esse período.
PortalMV Porto Nacional - TO
Postada em 01/07/2018 ás 23h07
Professores da Unirg lançam o livro

Professores da Unirg lançam livro.

Com organização dos professores Gilberto Correia da Silva e Joel Pinho, a Associação dos Professores Universitários de Gurupi produziu o livro Memória, Política e Gestão: Lampejos do Tempo, que retrata a gestão de 2015 a 2017 da seção sindical. Impresso pela Editora Veloso, a produção traz as mais importantes realizações das atividades sindicais, políticas e sociais da Apug durante esse período.


Para o professor Joel Pinho, a tarefa política de produzir um documento desta envergadura é por demais audaciosa, “considerando que será a partir deste documento que o sindicato (Apug), irá tornar como referência, para outras futuras publicações. Para Joel Pinho, talvez a audácia não esteja na sistematização, mas na própria luta do dia-a-dia, que a Diretoria Executiva do biênio teve que dar seguimento e enfrentar novas frentes de trabalho. “Assim, o presente “lampejo” procurou enfatizar aspecto do “atacado” (como diria o ex-presidente e saudoso Plinio Pinto Teixeira), deixando o varejo para as memórias dos agentes que vivenciaram esse período”, afirmou.


Já o professor Gilberto Correia destacou que a publicação enfatizou as diversas lutas do campo social, que a médio ou longo prazo irão interferir na vida de cada professor. “Num lampejo de evitar prejuízos futuros e por entender que é dever do sindicato, também intervir para interceptar este fluxo de maldades, que certamente virá e poderá dar prejuízo na sequência.”


Os organizadores Gilberto Correia e Joel Pinho reforçaram que as triagens foram feitas sob um critério do envolvimento direto de representação sindical, buscando a reconstituição da memória iconográfica das diversas lutas politicas do sindicato, pela qual a diretoria teve a obrigação de organiza-la e direciona-la, bem como as diretorias futuras, considerando, segundo eles, que o ciclo da maldade sobre a retirada dos direitos dos trabalhadores do setor público, no caso, dos docentes universitários está se aprofundando, tanto em nível federal, estadual e municipal, conclamando a todos os docentes para estarem alertas e dispostos a se manter vigilantes e atentos, prontos para lutar pela manutenção de direitos duramente conquistados ao longo da jornada da categoria representada pela seção sindical Apug-Ssind nos 30 anos de existência e mais de 23 anos de seção sindical do ANDES-SN.


Os autores


Prof. Gilberto Correia da Silva, conhecido como Gil Correia é jornalista, escritor, especialista em Educação, Comunicação e Novas Tecnologias, pela Unitins. É professor universitário concursado pela Unirg, foi coordenador do Curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, no Centro Universitário Unirg, em Gurupi-TO. Presidiu a seção sindical Apug-Ssind no período de novembro de 2013 a dezembro de 2017. Foi eleito em maio de 2018, para o cargo de Secretário da Regional Planalto do ANDES-SN, da qual a Associação dos Professores Universitários de Gurupi é seção sindical desde 1993. Colaborador do projeto de extensão Filosofia e Cinema / UnirG, Membro do projeto de Pesquisa &História e Memória da Educação em Gurupi (UnirG/ IFTO).


É membro fundador da Academia Gurupiense de Letras, tendo sido presidente nos três primeiros mandatos. Na Academia Tocantinense de Letras ocupa a cadeira 40, além de diretor da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra - Adesg, Regional Sul do Tocantins.


Já presidiu a Associação de Artes de Gurupi e o Conselho Municipal de Cultura. Foi diretor municipal de Cultura em 97/98, entre outras atividades artísticas, culturais e esportivas. Membro da União Brasileira dos Escritores-GO e membro fundador e primeiro presidente da UBE-TO. Diretor da Associação dos Cronistas Esportivos do Tocantins - ACETO e da Associação Brasileia dos Cronistas Esportivos – ABRACE.


Prof. Joel Moisés Silva Pinho tem graduação em Licenciatura Plena em Ciências Sociais pela União de Escolas Superiores do Pará (1990) e Bacharel em Direito pelo Centro Universitário UNIRG. Especialista em Metodologia do Ensino Superior pela Pontifícia Universidade Católica de Minas gerais (1993) e Mestre em Educação pela Universidade São Francisco (2003). Atualmente é professor do Centro Universitário UNIRG. Tem experiência no Magistério do Ensino Superior, principalmente na área de Educação. Atua como docente na área de Historia da Educação, História das Ideias pedagógicas, Pratica de Ensino e Políticas Educacional Brasileira e Teoria Geral de Estado. Membro do Núcleo de Pesquisa em educação, História e Diversidade Cultural - NUPEHDIC/ IFTO, do Grupo de Pesquisa Processos Criativos - UnirG. Coordenador do projeto de extensão Filosofia e Cinema / UnirG, Colaborador no Projeto de extensão Hora Cidadã / UnirG. Coordenador do projeto de Pesquisa &História e Memória da Educação em Gurupi (UnirG/ IFTO). Concentra seus estudos nas políticas públicas para o Ensino Superior, nas abordagens que envolvem a relação publico e o privado, a carreira docente e o desenvolvimento social.

FONTE: Zacarias Martins
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô: