Quarta, 26 de junho de 2019
63984631128
Ronda Porto

09/06/2019 ás 22h51

PortalMV

Porto Nacional / TO

Dupla acusada de envolvimento em assassinato de pedreiro é capturada pela PC.
As investigações chegam à reta final e podem apontar mais envolvidos com possibilidade de novas prisões.
Dupla acusada de envolvimento em assassinato de pedreiro é capturada pela PC.
PC desvenda morte de DOMINGO FACA-CEGA e prende dois acusados.

No final da manhã de quinta-feira (6), dois homens apontados como envolvidos no assassinato do pedreiro Domingos Alves Ramos, conhecido por DOMINGO FACA-CEGA, foram presos pela Polícia Civil em cumprimento a mandado judicial proveniente da Comarca de Porto Nacional, região central do Tocantins.


Os dois acusados foram detidos em suas residências. De acordo com informações apuradas por nossa reportagem, eles foram identificados como Hélio Pinheiro de Nascimento, vulgo HELINHO, 33 anos, residente à Rua Imperatriz; e Pedro Henrique Ferreira dos Santos, o PEDRINHO, 22 anos, morador da Rua Sorocaba, ambos endereços nas proximidades do local do crime, no Setor Jardim Querido.


A dupla foi enxadrezada mediante decretação de prisão temporária no momento em que as investigações avançam para a fase conclusiva. Os delegados Wagner Siqueira e Diogo Fonseca, da DEIC – Delegacia Estadual de Investigações Criminais – núcleo de Porto Nacional, não descartam novas prisões até o fechamento do contexto elucidativo do homicídio.


O crime


Por volta de 3h e 30m da madrugada desta quarta-feira de cinzas (6), foi registrado um homicídio no Setor Jardim Querido, em Porto Nacional, mais precisamente na Avenida Associação Rural, próximo à sede da Central de Atendimento da Polícia Civil.


O pedreiro Domingos Alves Ramos, conhecido por DOMINGO FACA-CEGA, 63 anos, foi alvejado com um tiro na cabeça dentro de sua casa onde também moram outras pessoas em quartos alugados.


Conforme versões preliminares, o homem saiu do interior de sua moradia com um pedaço de pau na mão, presumivelmente, por ter sido insultado por alguém que o chamara em tom de ameaça. Ao sair na porta, ele recebeu o disparo e caiu. Um vizinho acionou os familiares e o socorro. Domingos foi levado para o Hospital Regional de Porto Nacional de onde foi transferido para o HGP – Hospital Geral de Palmas. Quando estava a caminho da capital, o pedreiro foi a óbito.


Há informações de testemunhas dando conta que o assassinato tem e envolvimento de mais de uma pessoa.

FONTE: PortalMV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados