Sábado, 20 de abril de 2019
63984631128
Geral

05/04/2019 ás 00h01

PortalMV

Porto Nacional / TO

Capitão Diógenes cumpre agenda em Brasília visando fortalecer MLT do Tocantins.
O líder político de Porto Nacional foi convidado pelos integrantes do movimento que se contrapõe ao MST na busca pela legalidade e a paz no campo.
Capitão Diógenes cumpre agenda em Brasília visando fortalecer MLT do Tocantins.
Capitão Diógenes participando de encontro no INCRA, em Brasília.

A pedido do Movimento de Luta pela Terra – MLT – o Capitão Diógenes, líder político e comunitário de Porto Nacional, cumpriu agenda nos dias 02 e 03 de abril, na sede central do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária –  INCRA – no Distrito Federal.


No dia 02, as 15h:30min, esteve em reunião com o Presidente Nacional do órgão, General Jesus Correia. Na ocasião, o Capitão Diógenes recebeu a companhia da deputada Federal Dorinha (DEM-TO); do Coordenador Nacional do MLT, Zé Mário e do Coordenador do MLT no Tocantins, ruralista Reginaldo Silva.


Já no dia 03 o Capitão Diógenes participou de um Seminário do MLT pela manhã; e à tarde, 15h, esteve em reunião junto com os Coordenadores Estaduais do MLT e o Ouvidor Geral do Incra, o Cel. Correia. Durante o encontro foram abordados diversos pleitos e também houve a apresentação da Histórico e da Pauta do MLT, movimento antagônico ao MST, observando que o MLT é contra as invasões de terra e prega a legalidade e a paz no campo, que venha a ser o foco da nova gestão do Incra.


O Capitã Diógenes destaca que o que lhe chamou a atenção dos Militares dirigentes do órgão foi o preparo intelectual, o conhecimento estratégico territorial, exaltando ainda a intenção do Presidente do INCRA no sentido de eliminar os "Intermediários" e promover a JUSTIÇA E A PAZ NO CAMPO.

FONTE: Ascom

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados