Segunda, 23 de setembro de 2019
63984631128
Ronda Porto

07/03/2019 ás 23h58 - atualizada em 12/03/2019 ás 09h24

PortalMV

Porto Nacional / TO

Quarteto premedita e tenta executar jovem a tiros no Setor Imperial em Porto Nacional.
Dois chamaram a vítima e dois atiraram, mas, o rapaz escapou e já foi ouvido pela PC.
Quarteto premedita e tenta executar jovem a tiros no Setor Imperial em Porto Nacional.


Quatro rapazes premeditaram a execução de um jovem e falharam na hora “H”. O caso ocorreu na noite desta quarta-feira (6), na Avenida Contorno, Setor Imperial, região sul de Porto Nacional.


De acordo com relatos de testemunhas, a vítima identificada como Yure Pereira da Silva Camelo, 18 anos, estava em casa, por volta das 20h e 20m, quando ouviu dois rapazes conhecidos em duas bicicletas o chamando pelo nome dizendo que estavam com um celular para vender.


Assim que Yure saiu de casa e se aproximou, os dois se afastaram e surgiram outros dois que estavam em uma motocicleta. Rapidamente, o garupa sacou o revolver calibre 22 e efetuou três disparos na direção dele. Um dos balaços atingiu o ombro esquerdo de Yure que foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Porto Nacional onde foi medicado e liberado para prestar depoimento.


Os autores fugiram em direção ignorada e não foram encontrados pelos militares do 5º BPM durante as buscas efetuadas na região.


PCC X CV


A equipe da DEIC – Delegacia Estadual de Investigações Criminais – Núcleo de Porto Nacional, já tem indícios suficientes para acreditar que a tentativa de homicídio perpetrada contra Yure tem a ver com uma guerra de facções entre PCC (Primeiro Comando da Capital) e CV (Comando Vermelho) na disputa pelo controle do tráfico de entorpecentes. “Eles estão em todos os lugares do Brasil e vão continuar se enfrentando e se matando”, bradou um agente que pediu para não ser identificado.


YURE E BANBU


Os da Polícia Civil acreditam que a morto de Paulo Victor ocorrida na noite de terça-feira (5), no Setor Vila Operária, conhecido por BAMBU, possa ter ligações com o plano arquitetado para executar Yure.


As investigações estão sendo conduzidas pelos delegados Diogo Barbosa e Wagner Siqueira que respondem pela DEIC, em Porto Nacional.

FONTE: PortalMV

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados