Terça, 23 de abril de 2019
63984631128
Ronda TO

14/02/2019 ás 00h31

PortalMV

Porto Nacional / TO

PC cumpre mandados na Prefeitura de Dianópolis e em empresa provedora de internet.
As investigações miram possíveis fraudes em licitação. Por enquanto ninguém foi preso.
PC cumpre mandados na Prefeitura de Dianópolis e em empresa provedora de internet.

A Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Polícia de Dianópolis, no Sudeste do Estado, realizou na manhã desta quarta-feira,13, a Operação Fragmentos. O objetivo da ação era identificar possíveis irregularidades em processos licitatórios na gestão municipal ocorridas no ano de 2017.


Participaram da operação, delegados, escrivães, agentes e peritos lotados na regional daquele município.


De acordo com o delegado Eduardo Nunes, responsável pelas investigações, foram cumpridos cinco mandados na sede da Prefeitura Municipal, nas secretarias municipais de Saúde, Educação, Assistência Social e em uma empresa de fornecimento de sinal de internet. “A partir de agora estaremos analisando os documentos. Com base nestas averiguações, estaremos deliberando sobre outros passos da operação”, argumentou.


Ainda de acordo com o delegado, todos os mandados foram cumpridos durante o período da manhã e não houve prisão (Por Wherbert Araújo/Ascom SSP


Outro lado


A Prefeitura de Dianópolis informou que a Polícia Civil havia solicitado documentação referente aos serviços de contratação de internet prestados ao município no ano de 2017 e que atendeu ao pedido, tendo encaminhado ao órgão, toda documentação solicitada referente aos serviços da empresa Supercell.


Disse ainda que todos as atividades de contratação de prestação de serviço, decorrem dentro do princípio da legalidade, como determinam os princípios da administração pública.


O prefeito Padre Gleibson informou que o município "sempre se colocou à disposição dos órgãos fiscalizadores e lhe causou surpresa a investidura na manhã dessa quarta-feira na busca de documentos da Supracel, uma vez que foi protocolizado em 2018 junto a Polícia Civil".

FONTE: PortalMV

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados