Portal de Noticias

Política

Candidato com registro barrado pelo TRE diz que vai ao TSE e campanha segue normalmente.

Para Amastha, não existe jurisprudência que impeça sua candidatura.

O ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB), da coligação “A Verdadeira Mudança”, já se manifestou sobre a decisão do  Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO) de indeferir o registro de candidatura dele na eleição suplementar. Amastha avisou que vai ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que sua campanha continuará normalmente.

Para Amastha, não existe jurisprudência que impeça sua candidatura. “Eleição suplementar, regras sem definir. Sabíamos que iria para Brasília de qualquer forma”, afirmou.

A candidatura dele foi impugnada por 5 votos a 1 dos juízes e desembargadores do TRE-TO. Amastha teve o voto do relator, juiz Agenor Alexandre da Silva, e parecer favorável da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE). Mas os membros da Corte concluíram que deve prevalecer, mesmo numa eleição suplementar, o que diz a Constituição, que exige seis meses de desincompatibilização. Amastha renunciou apenas no dia 3 de abril.

Confira a íntegra da nota:

“Vamos correr para ter a manifestação do TSE. Não EXISTE jurisprudência que impeça nossa candidatura. Eleição suplementar, regras sem definir. Sabíamos que iria para Brasília de qualquer forma.”

Essa é a posição do candidato a governador da Coligação A Verdadeira Mudança, Carlos Amastha (PSB), acerca da decisão do Tribunal Regional Eleitoral, ressaltando que o seu departamento jurídico recorrerá ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para reformar decisão da corte regional tomada nesta terça-feira, dia 15. Ele reforça que a sua campanha eleitoral continua normalmente por todo Estado em busca dos votos dos tocantinenses para que possa resolver os sérios problemas do Tocantins”.

Página:

http://portalmv.com/noticia/politica/2018/05/16/candidato-com-registro-barrado-pelo-tre-diz-que-vai-ao-tse-e-campanha-segue-normalmente-/411.html