Suspeito de matar a técnica em enfermagem Juvenia Cunha de Sousa, no último dia 31 de janeiro, na Capital, seu ex-companheiro José Humberto Nogueira, que estava internado no Hospital Geral de Palmas (HGP) desde o dia do crime, morreu na tarde desta quinta-feira, 8.

Por não aceitar o fim do relacionamento, o homem teria atirado na própria cabeça após matar a ex-companheira. O crime aconteceu na kitnet onde ela morava, na quadra 804 Sul, em Palmas.

A Delegacia de Homicídios da Capital está investigando o caso e aguardava melhoria no quadro de saúde do principal suspeito para ouvi-lo, o que não foi possível. Outras testemunhas já prestaram depoimento, mas ainda faltam os de alguns parentes de Juvenia para esclarecer os fatos do que teria ocorrido no dia do crime. O inquérito está em andamento.

Matéria sobre a tragédia aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here