Após cobrança dos prefeitos municipais, o governo estadual anunciou o pagamento da 10ª e última parcela de 2017 destinada à manutenção do transporte escolar. Nesta sexta-feira, 26, o governo anunciou que foi repassado às prefeituras o montante de R$ 4.168.000. O transporte garante aos alunos da zona rural o acesso às unidades educacionais.

Nos 139 municípios tocantinenses, cerca de 28 mil estudantes da rede pública estadual são beneficiados com o transporte ofertado pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação Juventude e Esportes (Seduc), em parceria com os municípios.

Este mês, a Associação Tocantinense de Municípios (ATM) divulgou que os valores estavam atrasados. “O Estado precisa dialogar com os municípios para que possamos encontrar uma solução conjunta para o problema”, sugeriu o prefeito de Piraquê, Eduardo Sobrinho. No município, uma das rotas de alunos das escolas estaduais possui 45 quilômetros de extensão.  “A falta de recursos onera o município, que precisa tirar dinheiro de outras áreas para suprir a falta da verba”, complementou Sobrinho.

Segundo a ATM, das dez parcelas do Transporte Escolar ao ano, o Estado repassou apenas oito, e contraiu um débito de R$ 9 milhões com os municípios. Na reunião, os prefeitos deliberaram que somente transportarão alunos em 2018 se o Governo repassar os recursos restantes de 2017 e renegociar o valor/aluno do programa. Caso contrário, não firmaram convênios esse ano e devolverão a frota de ônibus ao Estado.

A oferta do transporte escolar é assegurada por meio de parceria entre o Governo do Tocantins e os municípios, responsáveis por garantir a manutenção e circulação dos veículos. As rotas são definidas de forma compartilhada visando garantir amplo atendimento aos alunos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here