Em seu primeiro pronunciamento do ano, no plenário da Câmara, nesta quarta, 7, o Deputado Federal Vicentinho Júnior (PR/TO), destacou que em 2017, finalizou o ano legislativo, falando de algumas vitórias conquistadas naquele ano, como a PEC dos pioneiros- PEC 48, o orçamento da União, quando aprovada uma emenda de sua autoria que deu maior segurança orçamentária e financeira aos Municípios brasileiros.

E hoje, destacou, como foi o início do ano de 2018, que mesmo em período de recesso, foi um período de muito trabalho, muitas caminhadas e discussões.

CONFIRA NA ÍNTEGRA:

“Na minha cidade Porto Nacional, junto com o Prefeito e sua equipe, e a comunidade portuense, entregamos recursos, que deram atenção ao homem e à mulher, para a construção de pontes, galerias pluviais, estradas vicinais, no sábado, na região do Pontal e em regiões do Município de Porto Nacional.

Na segunda-feira, voltando ainda a Porto Nacional, entregamos recursos para a equipagem da valorosa Guarda Municipal de Porto Nacional, que, como sempre digo, é o complemento da segurança pública no Município de Porto, onde as guardas municipais se fazem presentes.

Fico feliz, em ver como o nosso mandato aqui em Brasília tem produzido frutos em quase 108 Municípios do Estado de Tocantins de forma direta aos gestores municipais, à comunidade portuense, às comunidades tocantinenses, que fizeram o mandato de um Deputado Federal. E eu peço que esse mesmo zelo, esse mesmo mandato produtivo também se faça junto ao Governo do Estado do Tocantins.

Ponte e Estradas

No ano passado, em Porto Nacional, estivemos juntos com o Governador do Estado do Tocantins. Em um episódio, fiz a S.Exa. elogios devidos, porque ali se lançava uma importantíssima obra para Porto Nacional, para o Estado do Tocantins, que é a ponte localizada sobre o rio Tocantins. Mas, desde o lançamento de construção até o dia de hoje, vejo que nada foi feito.

Então, eu pediria que a bancada federal da base do Governo do Estado do Tocantins, que o Governador Marcelo Miranda nos explicasse o motivo pelo qual a tão sonhada e necessária ponte de Porto Nacional ainda não se faz uma realidade.

Peço que se dê a mesma atenção à rodovia que liga o Município de Porto Nacional a Brejinho de Nazaré, a Silvanópolis, até porque também, neste fim de semana, passei por essa rodovia e vi o estado de calamidade em que lá se encontra: estradas e rodovias estaduais intrafegáveis. O dia a dia do cidadão foi feito de forma muito dispendiosa, porque as condições que lá são colocadas realmente não são as merecidas.

Em função disso, temos apresentado a federalização da BR-010, da TO-050 e da TO-020, para que vire BR-010 e, assim, o Governo Federal, junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes — DENIT, que é o órgão responsável pelas rodovias federais, de forma orçamentária e financeira, possa atender às necessidades que se exigem das rodovias no meu Estado do Tocantins.

Há uma pré-candidatura do nosso partido da República, do nosso pré-candidato ao Governo do Estado Ronaldo Dimas, que vem revolucionando as discussões, para que haja uma nova política a se apresentar ao Estado do Tocantins.

Vejo que os adversários querem apagar essa belíssima pré-candidatura. Diante disso, remeto-me a uma poesia de um poeta nordestino que diz que o futuro é obscuro. Para quem quer apagar essa pré-candidatura de Ronaldo Dimas eu parafraseio o poeta dizendo: que o futuro é obscuro, mas, muitas vezes, é no escuro que se enxerga a luz para se ter uma direção.

Portanto, Tocantins, nós temos jeito! Temos a forma de fazer um bom Governo, a partir do início de 2018, quando a pré-candidatura de Ronaldo Dimas se consolidar no momento oportuno e os tocantinenses entenderem que em seu nome está a esperança de um Governo de dias melhores para o Estado do Tocantins.”

Da Ascom

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here