quinta-feira ,24 agosto 2017
Página Inicial / Destaques / Comissão de prefeitos vai redistribuir mais de R$ 300 mi dos empréstimos.

Comissão de prefeitos vai redistribuir mais de R$ 300 mi dos empréstimos.

Do acalorado debate dessa terça-feira, 27, saiu um encaminhamento sobre o destino dos R$ 600 milhões de empréstimos que o governo do Tocantins quer que a Assembleia o autorize a contrair. Os prefeitos e deputados presentes na sede da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) concluíram que mais de R$ 300 milhões em obras previstas podem ser redistribuídos para atender os interesses das 139 administrações municipais.

O secretário estadual de Articulação Política, João Emídio, que também participou da reunião, vai levar a proposta ao governador Marcelo Miranda (PMDB).

A lógica dessa proposta é que muitas das obras previstas pelos dois projetos de empréstimos junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal não são essenciais. Assim, defendem os prefeitos e deputados que participaram da discussão, tirando-se as obras estratégicas para o Estado — como a reforma e ampliação de hospitais e a contrapartida para a Ponte de Porto Nacional —, as demais poderiam ser alteradas sem maiores problemas. Eles citaram como exemplo a duplicação do trecho da rodovia TO-222, entre Araguaína e o distrito de Novo Horizonte. “Ao ouvir meus colegas sobre a condição precária da maioria dos municípios, não dá para entender qual a prioridade na duplicação de uma rodovia entre uma cidade e um povoado”, questionou a prefeita de Xambioá, Patrícia Evelin (PMDB).

Dessa forma, forma a comissão formada pela ATM para analisar os empréstimos ficou de refazer os projetos nos próximos 30 dias e encaminhar para o governo. Se o Palácio rejeitar as alterações, elas poderiam ser promovidas pelos próprios deputados.

Como a AL estará de recesso nos próximos 30 dias, haverá tempo para se repensar as obras, conforme analisam deputados e prefeitos. Se concluírem antes, o presidente da AL, deputado Mauro Carlesse (PHS), também presente, disse que poderá convocar sessões extraordinárias para aprovar os projetos.

Em cima da hora
Os deputados presentes eram, além de Carlesse, Wanderlei Barbosa (SD), Luana Ribeiro (PR) e Olyntho Neto (PSDB). Eles foram chamados para a reunião minutos antes do início. A secretária do presidente da ATM, Jairo Mariano (PDT), ligou para Wanderlei e pediu para ele organizar a comitiva.

Momento tenso
Segundo testemunhas, o momento mais tenso foi quando o prefeito de Piraquê, Eduardo Sobrinho (PMDB), acusou os deputados de estarem sentando sobre os projetos e defendeu que todos os municípios fossem contemplados. Houve, então, uma discussão acalorada. João Emídio, ex-presidente da ATM, afirmou que as matérias deveriam ser votadas, para aprovar ou rejeitar.

De toda forma, na AL, a avaliação é de que todo esse debate serviu para que os prefeitos fossem ouvidos, o que, dizem, não tinha ocorrido até então. Deputados apontam que dos 50 prefeitos presentes na reunião da ATM, mais de 40 não têm seus municípios contemplados com obras desses empréstimos.

Fonte: Cléber Toledo

EMPRESTIMO

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

laiurez assi 1

MPE requer condenação de prefeito por doação de 400 mil reais a time de futebol.

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 8ª Promotoria de Justiça de Gurupi, ajuizou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *