sábado ,19 agosto 2017
Página Inicial / Destaques / CASO VENCIM: Julgamento de habeas corpus de Duda é interrompido, mas, preventiva pode ser mantida.

CASO VENCIM: Julgamento de habeas corpus de Duda é interrompido, mas, preventiva pode ser mantida.

O julgamento do pedido de habeas corpus feito pela defesa do empresário Eduardo Pereira, o Duda, foi adiado nesta terça-feira 20, depois de um pedido de vista feito pelo desembargador João Rigo Guimarães. Dos três desembargadores presentes, dois já tinham votado pela manutenção da prisão preventiva do acusado. São eles: o relator do processo Ronaldo Eurípedes e Moura Filho. Eles ainda podem mudar o voto até o final do julgamento. 

A próxima sessão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Tocantins está prevista para acontecer no dia 27, mas ainda não há confirmação sobre a inclusão do processo na pauta.

A Justiça decretou a prisão de Duda Pereira em abril deste ano com o argumento de que ele estaria atrapalhando as investigações e coagindo testemunhas. Posteriormente, a defesa entrou com pedido de suspensão do pedido de prisão. A defesa nega as acusações e aponta ameaças que o empresário e a família dele estariam sofrendo. O advogado de defesa do empresário, Paulo Roberto afirmou ao na semana passada que Duda não está foragido e gostaria de se apresentar à Justiça, mas sua segurança não pode ser garantida dentro da Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Também na semana passada, a Justiça decidiu encaminhar o decreto de prisão preventiva de Duda Pereira à Polícia Federal para que fosse providenciada a inclusão do seu nome na lista de procurados da Polícia Internacional (Interpol). A decisão, proferida, no último dia 10, atende ao pedido do Ministério Público Estadual (MPE), protocolado no último dia 8, sob alegação de que o empresário pode estar nos Estados Unidos.

Duda é suspeito de ser o mandante do assassinato do empresário Vencim Leobas, que faleceu no dia 14 de fevereiro de 2016, durante um coma, após ter sido atingido no dia 28 de janeiro com disparo de arma de fogo na porta da própria casa, em Porto Nacional.

Com informações do T1 Notícias e do G1-TO

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

MISS TOCANTINS 2017 00

Jovem de Dueré representará o Tocantins no Miss Brasil 2017.

Acontece neste sábado, 19, em Ilhabela, litoral paulista, o Miss Brasil Be Emotion. O concurso, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *