sábado ,19 agosto 2017
Página Inicial / Ronda TO / Autor de crime bárbaro praticado contra estudante é preso e diz que foi chantageado pela vítima.

Autor de crime bárbaro praticado contra estudante é preso e diz que foi chantageado pela vítima.

Equipes de policiais civis sob o comando do delegado Rerisson Macedo, prenderam na manhã desta quinta-feira (08), o principal suspeito de ter matado o estudante Fabrício Martins, que desapareceu na noite do dia 19 de maio passado, dia em que amigos e familiares preparavam uma festa surpresa para seu aniversário.

Segundo informações, o autor foi detido mediante o cumprimento de um mandado de prisão no frigorífico onde ele trabalhava com Fabrício. O jovem foi identificado como Hiago Pereira da Silva (24) anos, levou a polícia até a casa onde teria matado a vítima, uma residência localizada na Rua Voluntários da Pátria, Bairro São João. A polícia chegou até ele através da investigação que incluiu a quebra do sigilo telefônico, que por sua vez, contribuiu para que o crime fosse desvendado. 

JOVEM CRIME DE ESTUDANTE ARAGUAINAÀ polícia, Hiago confessou o crime e revelou que tudo começou depois que ele fez um vídeo de Fabrício mostrando as partes íntimas dentro de um banheiro do frigorífico.  Depois ele disse que teria enviado esse vídeo para Fabrício que passou a chantageá-lo, exigindo que Hiago pagasse R$ 4 mil reais para ele, caso contrário ele apresentaria o vídeo no Recursos Humanos da empresa, denunciando o fato.

A “negociação” teria durado cerca de 60 dias. De acordo com o autor, Fabrício passou a pressioná-lo para que ele arrumasse o dinheiro e foi então que decidiu matar a vítima. Hiago disse à polícia que chamou Fabrício para ir até sua casa para buscar o dinheiro e lá mesmo ele matou o rapaz. Ele relatou que deu cinco facadas nas costas de Fabrício e em seguida amarrou o corpo e enrolou em um lençol. Logo depois disso, Hago pediu um carrinho de mão emprestado a uma amiga e por volta das 2 horas da manhã ele levou o corpo para o córrego próximo ao Parque Cimba, onde Fabrício foi lançado já sem vida.

Hiago negou que tenha contado com o apoio de outra pessoa para cometer o crime. “Fiz tudo sozinho” , afirmou ele destacando que foi empurrando, que levou a moto de Fabrício para a Rua dos Bancários no setor Jardim Paulista, onde ela foi encontrada abandonada. Apesar da afirmação do autor, o delegado acredita que ele teve ajuda de um comparsa.

O Corpo

O corpo do estudante de Educação Física foi encontrado na manhã do último sábado (3), depois de uma denúncia feita via 190 em que a pessoa não identificada informou que havia um forte mau cheiro nas proximidades da ponte que fica entre o CAT e o Parque Cimba.

O corpo foi encontrado amarrado e envolvido em um tecido, estava em estágio avançado de decomposição mas para a perícia foi possível detectar que a vítima sofreu várias perfurações nas costas e na parte da frente devido aos vestígios de furos na camiseta que a vítima usava.

Restos mortais do corpo encontrado no córrego, foram levados para o IML de Palmas para que fosse confirmada a identidade do rapaz, no entanto a mãe de Fabrício reconheceu a vestimenta do filho. A camiseta que ele usava era nova, um presente de aniversário que ela havia dado ao filho.

Fonte: O Norte

JOVEM CRIME DE ESTUDANTE ARAGUAINA 1

Sobre Portal MV

Jornal Digital de Porto Nacional, Tocantins. Criado em 2014, pelo jornalista e apresentador de Rádio e Tv, Aurivan Lacerda, para ser a extensão do seu programa MICROFONE VERDADE, na Internet.

Você pode Gostar de:

ACIDENTE ARAGUAINA 04

Pedreiro morre em colisão de moto com caminhão.

O acidente aconteceu na tarde de sexta-feira (11), no cruzamento da Ruas Joaquim Monteiro e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *